Governo de Pernambuco trabalha em projeto de requalificação da PE-15

By 09/04/2021 - 12:04ColunaFalaPE

No momento, está em andamento a contratação do projeto executivo da obra, que deve ser iniciada no segundo semestre deste ano

Um dos principais corredores de transporte, que faz a ligação entre a Capital Pernambucana e os municípios da área Norte da Região Metropolitana do Recife (RMR), a rodovia PE-15 será totalmente requalificada. O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra), anunciou, no dia 6 de março, a abertura do processo licitatório que vai selecionar a empresa responsável pelo detalhamento do projeto executivo da obra. O projeto conceitual está concluído e o investimento nesta etapa será de, no máximo, R$ 990.764,86. A expectativa é de que as obras sejam iniciadas ainda no segundo semestre deste ano pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). As ações fazem parte do Programa Caminhos de Pernambuco e contam com aporte previsto de R$ 22 milhões.

O projeto contemplará a requalificação do trecho situado entre a estação BRT do Complexo de Salgadinho, no município de Olinda, e o Terminal Integrado de Abreu e Lima, em Paulista. A secretária da Seinfra, Fernandha Batista, detalha alguns dos principais pontos da ação. “Além da requalificação do pavimento, a obra também deverá abranger intervenções urbano-paisagísticas, como acessibilidade; implantação de ciclovias; passeios públicos, sinalização horizontal e vertical e instalação de iluminação em LED. O objetivo é garantir uma melhoria efetiva na mobilidade dos cidadãos, oferecendo maior segurança aos pedestres, condutores e ciclistas que circulam pela rodovia,” destaca. A previsão é de que a obra tenha duração de 12 meses.

Com extensão de mais de 12 quilômetros, a PE-15 corta os municípios de Olinda e Paulista e é o principal trajeto para os condutores que trafegam todos os dias em direção à cidade do Recife. A via também abriga um dos corredores de transporte coletivo de maior fluxo da RMR, em suas margens há três importantes terminais rodoviários com intensa movimentação de passageiros, o Terminal Integrado da PE-15 (em Olinda) e os Terminais Integrados Pelópidas Silveira e Abreu e Lima (em Paulista). Calcula-se que a PE-15 tem fluxo superior a 50 mil veículos diariamente. Além dos carros, ônibus, caminhões e motos, a via também registra uma intensa circulação de ciclistas e pedestres.

Estudo – A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH) foi responsável pela realização de uma série de estudos técnicos que serviram de base para a elaboração de um diagnóstico preciso da atual situação do pavimento das faixas de circulação de ônibus da PE-15. Dentre os ensaios, destaca-se o levantamento com deflectômetro de impacto, um processo que possibilita a aferição da capacidade de resiliência das camadas do pavimento e do subleito da pista quando submetida a cargas e impactos; e o levantamento geotécnico: em 12 pontos distintos da pista foram feitas sondagens da pavimentação através da abertura de poços, com profundidade superior a um metro, de onde foram removidas amostras de camadas do asfalto para a realização de ensaios do material em laboratório. O pavimento também passou por uma inspeção através da técnica de georadar, por meio de um equipamento que, acoplado a um veículo trafegando pela pista em velocidade constante, propaga ondas eletromagnéticas para gerar imagens e contrastes elétricos de objetos e materiais presentes no subsolo. Os resultados obtidos através destes estudos possibilitam a elaboração de um diagnóstico do grau de degradação da pavimentação e deverão subsidiar a elaboração do projeto de requalificação da rodovia.

CAMINHOS DE PERNAMBUCO – Considerado o maior programa de reestruturação da malha viária lançado pelo Governo de Pernambuco, a iniciativa investe atualmente cerca de R$ 220 milhões em ações viárias, sendo R$ 74,9 milhões em intervenções já concluídas e R$ 147 milhões para obras em andamento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.