Gravatá participa de solenidade de assinatura do Termo de Cooperação Técnica ao Projeto Reviv do MPPE e reforça rede de apoio à mulher vítima de violência

By 27/09/2022 - 10:22Agreste Setentrional

Ato reafirma o compromisso do poder público municipal no combate ao flagelo da violência contra as mulheres

 

O município de Gravatá, e mais outras 24 cidades de Pernambuco, participaram de solenidade, no Auditório da OAB/PE, em Recife, para assinatura conjunta do Termo de Adesão ao Projeto REVIV – Rede de Apoio às Vítimas de Violência, do Ministério Público de Pernambuco – MPPE. O prefeito de Gravatá, Joselito Gomes, que tem uma gestão sensível a esta temática, esteve no ato que reafirma o compromisso do poder executivo municipal no combate à violência contra as mulheres.

Junto com ele, estavam a secretária da Mulher de Gravatá, Ester Gomes, e a executiva da pasta, Gleizy Gueiros, além do secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, Gilmar Oliveira.

Na ocasião, houve a palestra “Sobre Os impactos da violência: conhecimentos básicos para a escuta e acolhimento em contextos traumáticos”, da psicóloga Arielle Sagrillo Scarpati.

A secretária da Mulher de Gravatá, Ester Gomes, ressaltou que a união de forças é uma grande estratégia no combate à violência contra a mulher. “Esta é uma ação do Ministério Público de Pernambuco, coordenada pelo Conselho Nacional do MP, em parceria com os municípios. E mais uma vez Gravatá, através do prefeito Joselito Gomes, aderiu a este programa que tem por objetivo de implantar uma rede de apoio às vítimas a partir da integração com algumas secretarias municipais, tais quais Assistência Social, Saúde e Segurança. Essa rede se propõe a fazer o acolhimento dessas vítimas. Orientar, através de uma série de ações, como na área jurídica, psicológica, e em junção com esses organismos de gestão a ideia é fortalecer e dialogar com o MP, os poderes de justiça. Em paralelo a essa parte jurídica, que é o que envolve o setor Delegacia de Polícia, instalação de Boletins de Ocorrência, de processos judiciais, a vítima também será amparada e acolhida por essa rede”.

O prefeito, Joselito Gomes, fala de mais uma parceria entre Gravatá e o MPPE que preza pela segurança local. “Gravatá foi um dos primeiros municípios lembrados, através da assessora técnica do Núcleo de Articulação Interna (NAI) da Procuradoria Geral de Justiça do MPPE, Fernanda Nóbrega, a aderir a este programa fundamental para a mulher vítima de violência. O ideal era que isso não acontecesse, mas caso ela precise, o município dará todo amparo que o programa propõe. Quero parabenizar e dizer que estou muito satisfeito em poder ter a equipe que temos hoje nas Secretarias de Assistência Social, da Mulher e da Saúde que vão garantir a efetivação desse projeto com sucesso aqui. O caminho é esse, pois estamos juntos para fazer esse projeto acontecer aqui, porque o nosso compromisso é com as pessoas”.

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.