Humberto Costa sai em defesa de Marília Arraes

Os muros do Recife amanheceram sujos pela má política nesta quarta-feira (19). Um material criminoso, que usa a covardia do anonimato, para atacar a nossa candidata à Prefeitura do Recife, Marília Arraes, o presidente Lula, a presidente Dilma e o próprio PT.

Esse é o tipo de postura política que o Recife, Pernambuco e o Brasil não toleram mais. Não podemos esquecer os lamentáveis episódios produzidos na campanha de 2018, que terminaram por eleger um governo que destrói conquistas históricas do povo brasileiro, corrói as nossas instituições e ameaça a nossa democracia. Ainda mais quando estão disputando entre si forças políticas que, historicamente, compõem um campo político popular e progressista e que devem, nessa hora, manifestar o seu mais veemente repúdio a esse tipo de prática.

Essa é uma ação de quem deseja desqualificar o imenso patrimônio político do PT e negar tudo que o partido fez pelo Brasil e, muito especialmente, por Pernambuco e pelo Recife. O PT nasceu lutando contra a ditadura e produziu, juntamente com várias forças políticas progressistas, um processo gigantesco de mudanças e inclusão social. Por essa razão, na sua história recente, sofreu um dos mais odiosos processos de perseguição política de que se tem notícia nesse país. Não serão golpes sujos, sejam eles quais forem e partam de onde partirem, que irão intimidar nosso partido. O PT jamais propõe ou pratica uma política de baixo nível. Assim é que, em Recife e no resto do Brasil, devemos seguir com uma campanha limpa, na defesa do nosso legado, das nossas propostas e da maior liderança política deste país, que é o presidente Lula.

Tenho certeza de que, nessa visão, somos acompanhados por todos os recifenses que já repudiaram episódios semelhantes em outros momentos e que, sem dúvida, saberão rechaçar esse tipo de postura que termina por macular a política. Como senador de Pernambuco e membro do PT repudio essa prática e, como vítima que já fui desse tipo de ataque, não posso me calar diante de tamanha agressão. É urgente que o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) e as demais autoridades competentes determinem a imediata apuração dos fatos e a devida punição dos responsáveis

Humberto Costa
Senador da República

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.