Humberto Costa também defende o nome de Paulo Câmara para ser ministro de Lula

By 22/12/2022 - 16:23Pernambuco

O senador Humberto Costa (PT) foi o segundo parlamentar do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco a defender o nome do governador Paulo Câmara (PSB) para ocupar alguma vaga no time de ministros no governo do presidente eleito, Lula (PT). Humberto foi coordenador da campanha do presidente no estado e ocupou uma vaga no Ministério da Saúde no primeiro governo Lula. Anteriormente, a senadora eleita Teresa Leitão (PT) também apoiou o nome do socialista, ambos em conversa com o Blog do Alberes Xavier.

Nos bastidores comenta-se sobre a possibilidade do mandatário pernambucano assumir o Ministério do Turismo ou das Comunicações. Nas tratativas e negociações, o PSB tem dado prioridade ao nome do ex-governador de São Paulo Marcio França (PSB), mas Paulo tem a chance de entrar na esplanada dos ministérios como uma indicação pessoal de Lula, tendo em vista sua lealdade ao petista.

Com o currículo administrativo que tem, ele poderia fazer um belo trabalho tanto no Ministério das Comunicações, uma pasta estratégica para o governo, quanto no Ministério do Turismo por conhecer bem o Nordeste, principal região buscada para esse fim.

Paulo Câmara foi Secretário de Administração (2007–2010), Secretário de Turismo (2010) e Secretário da Fazenda de Pernambuco (2011–2014) durante a administração do então governador Eduardo Campos. Em 2014, foi eleito governador de Pernambuco no primeiro turno, com 68% dos votos, sendo o candidato a governador mais bem-votado do país naquela eleição. Nas eleições de 2018 foi reeleito governador no primeiro turno com 50,61% dos votos, derrotando Armando Monteiro.

“Todas as vezes que eu tenho tido contato com o presidente Lula e com outras figuras de peso do nosso governo sempre há excelentes referências em relação ao governador Paulo Câmara. Em todas essas referências se fala na importância dele participar do governo, porém, não tenho ouvido especificamente onde. Acho que o presidente Lula, se resolveu [colocar ele a frente de algum Ministério], entendeu que ainda não é o momento de anunciar e se não resolveu, deve estar pensando qual a melhor forma de acolher o governador Paulo Câmara e contar com o seu trabalho, competência e preparo para ajudar o nosso governo”, falou Humberto ao Blog.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.