IJCPM e Lucilo Ávila realizam dia de autocuidado na comunidade

​A prevenção é, muitas vezes, determinante na cura do câncer de mama. No mês em que se discute a relevância do autocuidado, o Instituto JCPM se uniu ao Centro Diagnóstico Lucilo Ávila, com apoio do RioMar, para levar atendimento e informação até as mulheres moradoras dos bairros do Pina e de Brasília Teimosa. Nesta quinta-feira, dia 14, a partir das 9h, as salas de aula do Instituto vão se transformar em espaços para rodas de conversa com mastologista, radiologista e psicólogos, além de realização de exames e atividades físicas. Com o slogan “Prevenir é se amar”, a ação deve beneficiar cerca de 100 mulheres. A ONG Casa Rosa, especializada no apoio a mulheres com câncer de mama, também participará da iniciativa.

A radiologista Mirela Ávila, do Centro Diagnóstico Lucilo Ávila, e a mastologista Marina Ávila farão avaliação clínica nas participantes e, caso algum indicativo de investigação seja encontrado, irão direcionar para o Lucilo a fim de realizar gratuitamente exames de imagem. A nutricionista Izabel Oliveira, assim como a assistente social Kadja Camilo e a psicóloga Ana Patrícia, ambas da Casa Rosa, também realização rodas de conversa com as moradoras. Entre as temáticas estão “É tempo de voltar a cuidar das mamas”; “Alimentação saudável e acessível”; e “Como lidar com as questões emocionais com a identificação e tratamento do câncer de mama”.

Diante da necessidade de controlar o fluxo de pessoas por conta da pandemia, o acesso foi previamente liberado a partir de visitas às comunidades para indicação das mulheres que mais precisam desse acolhimento. “Sabemos que a pandemia piorou o que já era difícil que é o acesso de todos a exames preventivos. Por isso, este ano, nos unimos ao Lucilo Ávila para atendermos as mulheres não apenas com palestras, mas com exames”, explica a diretora de Desenvolvimento Social do Grupo, Lucia Pontes.

Durante o mês de outubro, o Lucilo Ávila realiza a campanha “É tempo de viver”, enfatizando que é tempo de se cuidar e voltar a realizar exames de rastreamento, além de cuidar dos outros, compartilhando informações sobre a importância das ações preventivas e buscando ampliar o acesso ao diagnóstico para todas as mulheres. “A mensagem que queremos deixar, neste Outubro Rosa é de que é tempo de viver. Precisamos retomar os cuidados com a saúde e, cada vez mais, valorizar o autocuidado, o amor-próprio, a vida, o hoje”, ressalta a radiologista e diretora médica do centro diagnóstico, Mirela Ávila. Com um corpo médico com mais de 40 profissionais conceituados e 42 anos de experiência, é referência em radiologia no país. Com toda a sua expertise, tornou-se autoridade na área de prevenção e diagnóstico das doenças da mama, sendo o único centro no estado que dispõe de um leque completo de modalidades de imagem e intervenção para identificar patologias mamárias.

IJCPM
​Criado em 2007 para atuar com educação da juventude de 16 a 24 anos e moradora do entorno dos empreendimentos, o Instituto também realiza ações de cidadania com a população próxima. Através dos jovens, busca conscientizar as famílias sobre seus direitos. Desde a fundação, realizou mais de 46 mil atendimentos. Com oferta de qualificação profissional, soma a inserção de quase 8 mil jovens no mercado de trabalho. Através do pré-universitário, cria um ambiente favorável para aqueles que querem entrar na universidade. Durante a pandemia, fez aportes de mais de R$ 6 milhões em iniciativas sanitárias, de infraestrutura de atendimento até apoio direto às famílias. Entre os destaques estão a criação do Fundo Social para empreendedores, doação de equipamentos para hospitais, além de distribuição de 49 mil cestas básicas em quatro capitais (Recife, Salvador, Aracaju e Fortaleza).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.