Ipojuca participa de audiência pública sobre duplicação, concessão e pedágio da PE-060

Na manhã desta segunda-feira (20), o secretário de Governo do Ipojuca, Cícero Moraes, representando a prefeita do município, Célia Sales, participou da audiência pública na Câmara de Vereadores do município do Cabo Santo Agostinho para tratar sobre a duplicação e concessão da rodovia PE-60 à iniciativa privada. No encontro, foi debatida a questão da possibilidade de implantação de pedágio da via que corta o Litoral Sul de Pernambuco.

Na sua fala, Cícero Moraes, a pedido da prefeita Célia Sales, reiterou os pedidos dela de que os moradores fossem isentos de qualquer tipo de pagamento do pedágio, caso a rodovia seja concedida à administração privada. “Falamos sobre a preocupação e todas as tratativas com participação da prefeita Célia Sales junto à Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco para que os ipojucanos não tivessem que pagar pedágio para se deslocar no município, a exemplo de sair do Centro até Porto de Galinhas, Maracaípe ou Serrambi, ou de Camela até o Centro”, disse. Segundo o secretário, “reforçamos na audiência a posição da Prefeitura do Ipojuca no sentido de que a população ipojucana seja isenta de pagamento de pedágio com o deslocamento de praças de cobrança fora da área de acesso dos principais trajetos de Ipojuca”, afirmou.

Durante a audiência, foi confirmada que, definitivamente, a praça de pedágio na PE-060 ficaria localizada após a PE-051, que dá acesso a Serrambi, garantindo que a população ipojucana na circulação diária dentro do município não pagaria tarifa. Ainda na sua explanação, o secretário Cícero Moraes, reforçou outros pedidos da prefeita dentro do projeto, como o alargamento de pontes ao longo da via e o melhoramento das interseções da rodovia com a PE-038 e com a entrada de Camela. Além disso, a prefeita segue pedindo ao governador Paulo Câmara, à secretaria de Infraestrutura do estado, através do DER, e à secretaria de Turismo de Pernambuco que realizem a manutenção da PE-09, estrada de acesso à Muro Alto, que há tempos está intransitável. A audiência contou ainda com a presença do secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano do Ipojuca, George Rêgo Barros, e representantes das prefeituras do Cabo, Tamandaré, Barreiros e São José da Coroa Grande, e Governo do Estado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.