Jaboatão terá crachá de identificação para autistas

No último dia da Semana da Conscientização Sobre o Transtorno do Espectro  do Autismo, o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Mano Medeiros, reuniu-se com representantes da Aliança de Mães de Famílias Raras (Amar) para tratar sobre a confecção e distribuição do crachá de identificação de pessoas com autismo. A criação da carteirinha já é lei municipal e será regulamentada pelo Executivo de forma pioneira.

Mãe de duas crianças autistas, Cristiane Ferraz disse ao prefeito que o crachá será um diferencial na vida das famílias. “Com esse crachá, nós não vamos mais precisar dar explicação às outras pessoas de que estou numa fila prioritária, por exemplo, porque meus filhos têm autismo. Será uma forma de evitar constrangimentos e até mesmo educar a sociedade”, disse a representante da Amar, durante o encontro com o prefeito Mano.

Juliana Penha também esteve no Complexo Administrativo da Prefeitura e agradeceu a iniciativa da realização das ações ao longo da semana. “Foram oito dias de debates, encontros e lazer que deram visibilidade às pessoas com autismo e asseguraram o direito à cidadania. A gente só tem a agradecer”, ressaltou.

“Tivemos até esta sexta-feira a Semana da Conscientização Sobre o Transtorno do Espectro do Autismo, mas a nossa preocupação com essa causa é o ano todo, com ações permanentes. Todos os dias buscamos apoiar essas pessoas e assegurar novas conquistas. A carteirinha é mais um avanço e Jaboatão será um exemplo para o País. Vamos agilizar a regulamentação da lei, porque é um direito dessas famílias”, disse o prefeito Mano.

A regulamentação será feita por decreto, estabelecendo como serão feitos os cadastros e a distribuição do crachá. No documento constarão o símbolo de identificação do autismo e QR Code com todas as informações sobre a pessoa com Transtorno do Espectro Autista, como nome, endereço, laudo médico, medicamentos e contato.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.