Coluna FalaPE – João Campos faz excelente início de gestão e supera expectativas

By 10/04/2021 - 00:00ColunaFalaPE

Entre todos os prefeitos de 1° mandato, no Estado, estava claro que o chefe do Executivo do Recife, João Campos (PSB), tinha a missão mais complexa. Filho do ex-governador Eduardo Campos, o jovem gestor teve que começar o seu governo à frente da capital precisando dar respostas rápidas para os inúmeros problemas da cidade, tendo que imprimir uma cara própria para fugir das comparações com o pai, que é apontado por muitos como o melhor governador da história de Pernambuco. E ele conseguiu.

Logo na largada, João apostou na inovação, no diálogo com diferentes setores da sociedade e numa agenda intensa de rua. Escolhas que ajudaram muito a fixar a imagem de um gestor moderno, disposto e com boas ideias.

A aposta de João ganhou uma proporção ainda maior com o processo de vacinação do Recife, considerado o melhor do país. Não por ter liderado abertura de idades dos imunizados, na maioria do tempo, no Nordeste, mas por ter mostrado que é possível oferecer um serviço público de qualidade.

A organização, o bom tratamento dado e a transparência desse processo mostram que, bem planejado, o serviço público alcança patamares parecidos com os observados no setor privado.

Recente pesquisa do Instituto Exatta mostrou bem isso. João Campos é o prefeito mais bem avaliado da Região Metropolitana do Recife no enfrentamento da pandemia. As pessoas reconhecem quando a gestão pública consegue entregar aquilo que elas esperam.

Agora, o prefeito do Recife precisará mostrar que o que estamos vendo na vacinação pode ser replicado em outros setores da gestão municipal. Esse será o seu grande desafio.

CINDESC – Na tarde de ontem, os prefeitos do Sertão Central estiveram reunidos para a eleição e definição da mesa diretora do CINDESC (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Sertão Central). Após a votação, foi definida a seguinte configuração de cargos: Marcones Sá (Salgueiro/presidente); Aleudo Benedito (Serrita/vice-presidente); Aline Freire (Terra Nova/tesoureira). E para o Conselho Fiscal: Marly Quental (Cedro); Haroldo Tavares (Verdejante) e Romonilson Mariano (Prefeito de São José do Belmonte).

BEM – Em Ipojuca, a prefeita Célia Sales mandou novamente à Câmara de Vereadores um Projeto de Lei criando o Bem Municipal. “Acredito que esse projeto precisa sair do papel e beneficiar ainda mais pessoas do que na sua primeira edição. Dessa vez, além dos que já receberam no ano passado, ainda vamos acrescentar os Guias de turismo, Músicos, Manicures e Cabeleireiros que já constam em nosso cadastro em cada uma das áreas, totalizando quase 5 mil beneficiados.
Esse é um momento que a população precisa que o poder público tenha mais união entre os poderes”, destacou.

BATEU – O presidente Jair Bolsonaro criticou o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), por ele ter determinado a instalação no Senado de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19.
Pela manhã, por meio de uma rede social, o presidente afirmou, em relação a Barroso, que “falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política”.

LEVOU – No início da tarde, Luís Roberto Barroso rebateu o presidente da República. “Na minha decisão, limitei-me a aplicar o que está previsto na Constituição, na linha de pacífica jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, e após consultar todos os ministros. Cumpro a Constituição e desempenho o meu papel com seriedade, educação e serenidade. Não penso em mudar”, ressaltou, com elegância, o ministro do STF.

O povo quer saber: o tabuleiro de 2022 está mexendo em Pernambuco?

Por Fernanda Maria, Cientista Política.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.