Nesta segunda-feira (1º), primeiro dia de vacinação dos trabalhadores da Atenção Básica, prefeito do Recife acompanhou a imunização no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro

No primeiro dia de vacinação contra a covid-19 para os 6.500 trabalhadores da Atenção Básica da rede municipal de saúde do Recife, o prefeito João Campos conferiu de perto como está sendo o processo de imunização no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, no início da manhã desta segunda-feira (1º). Os idosos com mais de 85 anos de idade e os trabalhadores da Atenção Básica contam com estrutura adequada para serem vacinados em nove centros de vacinação e três drive-thru organizados pela Prefeitura do Recife na cidade. João Campos ouviu tanto os profissionais que estavam vacinando quanto os que estavam sendo vacinados no local, também conversou com os idosos e ressaltou para a imprensa que está aguardando a chegada de mais doses do Ministério da Saúde para que todos os que fazem parte da primeira fase do plano de vacinação sejam contemplados o mais breve possível.

“A partir de hoje começa a vacinação de todos os trabalhadores da Atenção Básica, ela é uma importante porta de entrada para o sistema de saúde. Fazem parte da Atenção Básica: os agentes comunitários de saúde, os agentes de endemias, os profissionais que trabalham em todas as Unidades Básicas de Sáude da nossa cidade, aquele contato que representa a porta de entrada para o Sistema Único de Saúde. Então as emergências também funcionam como uma porta de entrada e a Atenção Básica como outra”, esclareceu João Campos. “Neste primeiro momento, a gente já garantiu a vacinação de todos os trabalhadores de saúde das emergências de hospitais da nossa cidade, das áreas 100% covid-19 e, agora, de toda a atenção básica. Só relembrando, a vacinação é dividida em quatro fases que são definidas pelo Ministério da Saúde. A primeira fase são as pessoas com mais de 65 anos e todos os trabalhadores da saúde. No Recife, isso representa 165 mil pessoas e a gente fica apenas aguardando a chegada de mais doses para poder concluir a primeira fase”, acrescentou.

A secretária municipal de Saúde, Luciana Albuquerque, lembrou que o cadastramento e o agendamento podem ser feitos de forma online pelo endereço minhavacina.recife.pe.gov.br ou a partir do aplicativo Conecta Recife. Quem tiver dificuldade com esse formato, pode procurar também uma Unidade Básica de Saúde para fazer o agendamento. “Começamos hoje mais uma importante etapa da vacinação dos trabalhadores de saúde que são os trabalhadores de saúde da Atenção Básica, são aquelas unidades, as equipes de saúde da família, por exemplo, que ficam mais próximo da população: os médicos, os enfermeiros, os técnicos de enfermagem, os agentes comunitários de saúde, também os profissionais do Programa Academia da Cidade, os educadores físicos, também os profissionais dos Centros de Apoio Psicossocial, psicólogos, cerca de 6500 profissionais. Elas se cadastram, fazem o agendamento, e comparecem para vacinar com uma declaração que são trabalhadores de saúde da rede municipal do Recife”, explicou ela.

No Compaz Ariano Suassuna, a primeira profissional da Atenção Básica que foi vacinada foi a educadora física Natércia Alves, 48 anos, que atua na Academia da Cidade do Polo Cavouco, na Iputinga “Este é um momento importantíssimo e abençoado, para a gente se ver livre dessa ameaça desse vírus, para a gente poder trabalhar mais sossegado. Eu tenho dois idosos na família, esse tempo todo tem sido uma luta para mantê-los isolados. É um grande alívio para a gente que vai trabalhar com o público e para a família que, mesmo em casa, corre risco”, comemorou ela.

Já entre os idosos, a primeira a ser imunizada na manhã de hoje no local foi a aposentada Maria Chavez, 93 anos: “estou sentindo muita felicidade, muito amor, muita fé em Deus que cheguem todas (as vacinas), para todos. Esse tempo em casa tem sido terrível porque eu gosto de sair, passear, brincar, tomar uma cervejinha, ficar com a família e hoje estou mais afastada. Estou aliviada. Doeu não, só uma picadinha”. Ela estava acompanhada pela filha a aposentada Lúcia Chavez, 67 anos, que também ficou aliviada pela mãe. “Sensação de quase liberdade, mas ainda tem a outra dose. Ela é uma pessoa muito ativa, que se movimenta, que dança, então esses dias foram horríveis, agora é uma sensação de quase liberdade”, disse ela.

A dentista Carmélia Barbosa, trabalha há 12 anos na rede municipal de saúde e atualmente atua na Upinha Vila Arraes, na Várzea. No caso dela, o risco de contaminação pelo coronavírus é ainda maior. “Estávamos todos ansiosos. Eu espero que a vacina chegue para todos. O risco no meu caso é grande porque o vírus fica na saliva, o dentista trabalha com aerossol, que espalha o vírus, e o pessoal tem que tirar a máscara para ser atendido então fica complicado e a gente fica com medo de atender. Conheço muita gente que já teve a doença e gente que faleceu”, explicou ela.

A vacinação está sendo realizada das 7h30 às 18h30, de domingo a domingo, nos nove centros de vacinação. São eles: Compaz Dom Helder Câmara, Coque; Unidade de Cuidados Integrais (UCIS) Guilherme Abath, no Hipódromo; Escola Nilo Pereira, em Casa Amarela; Compaz Miguel Arraes, na Caxangá; Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro; Escola Miguel Arraes de Alencar, na Estância; Ginásio Geraldão, na Imbiribeira; Escola Nadir Colaço, na Macaxeira; e UPA-E Fernando Figueira, no Ibura. A população ainda pode ter acesso à vacinação em um dos três pontos do drive-thru instalados no Parque da Macaxeira, Geraldão e Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O Plano Recife Vacina, que consiste na imunização da população contra o novo coronavírus, foi lançado pelo prefeito João Campos no dia 18 de janeiro. Atualmente, a cidade está operacionalizando o segundo módulo, que permite o funcionamento de 65 salas de vacina, distribuídas em nove centros de vacinação, além de três pontos de drive-thru. O Recife recebeu, até o momento, 94.060 doses de vacina, enviadas pelo Ministério da Saúde. Dessas, 77.540 são da CoronaVac e outras 16.520 da Oxford/AstraZeneca.

AGENDAMENTO – A Prefeitura do Recife disponibiliza um canal digital para que os cidadãos possam agendar o dia, horário e local onde receberão o imunizante. O recifense que fizer parte de algum dos grupos prioritários deverá realizar o agendamento online pelo endereço minhavacina.recife.pe.gov.br ou a partir do Conecta Recife (cujo app está disponível nas lojas PlayStore, para Android; e AppStore, para dispositivos iOS).

VACINÔMETRO – A população pode acompanhar diretamente a operacionalização do plano Recife Vacina graças ao ‘vacinômetro’, ferramenta que está disponível para a população através do App Gratuito Conecta Recife, disponível nas lojas PlayStore e AppStore, para dispositivos, além do Web App https://conectarecife.recife.pe.gov.br/vacinometro/. A iniciativa faz parte da transformação digital realizada pela Prefeitura do Recife.

Com a covid-19, o Conecta Recife passou a ser uma importante ferramenta de base de dados, serviços e informações que podem ser acessados de maneira fácil e didática. No vacinômetro, os cidadãos poderão conferir dados como número total de doses recebidas, relatório diário e total de pessoas imunizadas, bem como doses aplicadas por Distrito Sanitário, além de vacinas aplicadas por grupos prioritários. O número de pessoas já vacinadas também pode ser acompanhado em detalhes dentro das plataformas (site e aplicativo). Dentro da plataforma estão todas as informações sobre o Plano de Vacinação do Recife (pronta para download, considerando as etapas, grupos entre outros detalhes.

FISCALIZAÇÃO – A Prefeitura do Recife criou um canal voltado para denúncias de pessoas que tentarem burlar a fila de vacinação contra a covid-19. A ferramenta “Respeite a Fila” tem o objetivo de estimular o controle social e impedir que a população que não se enquadra nos grupos definidos em cada fase do Plano Recife Vacina receba as doses. A Prefeitura do Recife vai articular parceria com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para que as denúncias feitas pelo canal sejam apuradas e que sejam aplicadas as medidas cabíveis. O canal de denúncias irá funcionar no aplicativo Conecta Recife e já está disponível no webapp https://conectarecife.recife.pe.gov.br.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.