João Campos: “O Recife viverá um novo momento na geração de emprego e renda”

Em conversa com microempreendedores, candidato falou sobre apresenta propostas para área

Faltando apenas seis dias para o pleito municipal, o candidato a prefeito da Frente Popular do Recife, deputado federal João Campos (PSB), iniciou a última segunda-feira (09) da campanha com uma conversa sobre a geração de emprego e renda, com microempreendedores. Na ocasião, Campos apresentou iniciativas que vão colaborar com o ingresso de recifenses no mercado de trabalho, como a criação do Crédito Popular, do Desenvolve Recife e o Embarque Digital.

“O Recife viverá um novo momento na geração de emprego e renda . Vamos lançar o Crédito Popular do Recife, para que as pessoas possam aumentar o seu negócio ou começar a empreender. Vamos lançar o Desenvolve Recife, uma espécie de Compaz do empreendedorismo, com sala do empreendedor, agência do trabalho e muitas oportunidades para o recifense começar o seu negócio. Serão três unidades, uma em Casa Amarela, outra no Ibura e outra no Centro do Recife. Teremos o Embarque Digital, que vai oferecer duas mil bolsas para jovens da escola pública fazer cursos superior na área de tecnologia”, detalhou.

Formada em nutrição, a jovem Polyanna Barbosa, de 22 anos, produz barras de chocolate recheadas e ficou animada com a possibilidade de utilizar Crédito Popular para ampliar sua capacidade de produção, que atualmente é de 50 produtos por dia. “A proposta de João é extremamente importante pra eu poder investir, por exemplo, em equipamentos para aumentar a demanda, aumentar a agilidade no processo de fabricação das barras, que hoje faço manualmente. Então pra mim vai ser uma ótima oportunidade. Pretendo usar o crédito para comprar máquinas de doces automáticas e quem sabe poder ampliar o negócio”, afirmou Polyanna, moradora de Tejipió.

Quem também conversou com João sobre o assunto foi o vendedor de coxinhas Valdênio, que mora em Nova Descoberta, e trabalha no ramo há mais de 20 anos. “Quando começar o novo crédito a gente vai comprar uma máquina e matéria-prima para fazer mais salgados. Quando temos esse incentivo financeiro fica muito mais fácil de conseguir melhorar nossa estrutura”, comentou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.