João Campos reforça compromisso de criação do Escritório de Gestão do Centro em encontro na CDL-Recife

Foto: Rodolfo Loepert

Na tarde desta segunda-feira (8), prefeito conversou com o presidente e diretores da CDL-Recife. Na ocasião, garantiu a instalação do escritório de gestão do centro da cidade e ações de qualificação para a área

O prefeito do Recife João Campos visitou a sede da Câmara dos Dirigentes Logistas do Recife (CDL-Recife), na Boa Vista, na tarde desta segunda-feira (8). Recebido pelo presidente da instituição Frederico Leal, ex-presidentes e diretores do CDL, o prefeito reforçou, durante a reunião, o compromisso em implementar um escritório de gestão específico para tratar dos desafios e das potencialidades do centro do Recife, inclusive a situação do comércio local.

“A gente já tinha o compromisso e vamos fazer agora: a gente está desenhando para fazer a implementação do escritório do centro do Recife. O único tema que foi colocado em todas as reuniões que eu participei quando candidato foi o centro do Recife. Na minha concepção a gente tem que olhar o centro como um conjunto único. A gente tem a primeira ilha, o Bairro do Recife, com uma vocação econômica mais ligada a pauta da tecnologia e é um polo de serviços também, e tem a Ilha de Antônio Vaz, com os bairros de São José e Santo Antônio, com área de comércio mais forte da cidade, e é uma área que a gente precisa ter uma atenção especial pelo momento de transição que existe. Eu acredito que nunca vai deixar de existir o poder do comércio presencial e dos centros urbanos como espaço de vida de uma cidade, mas naturalmente tivemos uma pandemia que mudou a forma de convívio, então precisamos discutir coletivamente”, destacou João Campos durante o encontro.

O gestor municipal também esclareceu que o escritório vai fazer a gestão, mas também continuarão existindo os atores responsáveis pela limpeza urbana e pela manutenção, então a gestão vai ocorrer de forma transversal. Por fim, comentou que será solicitado um estudo econômico do corredor do comércio, como pode ser estimulado, estudar o movimento nos centros históricos, o movimento de fortalecimento da moradia no centro, sobretudo em São José e Santo Antônio.

O encontro também contou com uma apresentação do consultor da TGI Consultoria e Gestão e membro do Observatório do Recife, Francisco Cunha sobre as potencialidades e medidas que podem tornar o centro do Recife mais atraente para os munícipes.

O presidente da CDL-Recife Frederico Leal se colocou a disposição para contribuir com as políticas impulsionadoras do centro da cidade. “A CDL está aqui à disposição, sempre esteve, a gente está aqui 24 horas por dia. Sempre estivemos aqui juntos. Estamos sempre abertos a discutir, focando no centro do Recife. O centro do Recife foi o lugar onde cresci e vivi”, comentou ele

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.