João Campos vistoria ações de enfrentamento do impacto das chuvas na manhã desta sexta (14)

Desde as 6h da manhã prefeito do Recife está nas ruas fiscalizando ações de limpeza de canal, combate de pontos de alagamento e retirada de árvores

No terceiro dia consecutivo de fortes chuvas na capital pernambucana, o prefeito João Campos conferiu, logo cedo, algumas das ações da gestão municipal para mitigar o impacto das precipitações pluviais. Desde 6h da manhã, João Campos vistoriou a limpeza do Canal de São Leopoldo, no Engenho do Meio; em seguida acompanhou o serviço de um caminhão com jato de sucção que desobstruiu galerias em San Martin e também conferiu o serviço de retirada de árvore caída, uma em Boa Viagem e outra no Derby. Das 22h desta quinta-feira (13) às 10h desta sexta-feira (14), o total de chuvas registrado na cidade foi de 65 mm. Esse número se soma ao registrado ontem, que superou os 200mm.

Próximo ao Canal de São Leopoldo, o prefeito chamou a atenção para a importância do trabalho da PCR mas também da colaboração da população para manter a cidade limpa e prevenir os alagamentos. “Já são mais de 50 mil toneladas retiradas pela Prefeitura (de 45 canais da cidade), o que dá mais ou menos 4 mil viagens de caminhão. Aqui tem uma máquina que faz limpeza no canal e coloca o material dentro do caminhão para ser depositado no local correto”, disse ele. “Lembrando, a Prefeitura faz a limpeza, mas é preciso que cada pessoa coloque o lixo no local correto, com isso, a gente economiza recursos e pode cuidar mais da nossa cidade. São R$ 96 milhões que a Prefeitura está utilizando só neste ano nas obras de microdrenagem, limpeza de canais, de galerias. Se todo mundo ajudar na limpeza, a Prefeitura gasta menos e pode investir mais em outras áreas, sobretudo em saúde e educação”, completou.

O Canal de São Leopoldo está sendo limpo pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) desde o dia 26 de abril. A capinação das margens também está sendo feita pela Autarquia. Deste canal, a previsão é de que a Emlurb retire aproximadamente 3.700 toneladas de resíduos, e a ação deve durar até o final deste mês. Com 724 m de extensão, o Canal São Leopoldo contribui para a Bacia do Tejipió.

Este ano, dentro das intervenções da Ação Inverno, iniciadas em janeiro, a Prefeitura do Recife vai investir cerca de R$ 10,5 milhões para realizar a limpeza dos 99 canais que cortam a capital pernambucana. Iniciada em janeiro, a limpeza dos canais que cortam a cidade do Recife já resultou na retirada de quase 50 mil toneladas de lixo de 45 canais até agora. Outros 11 canais estão com a intervenção em andamento. Ainda dentro da Ação Inverno, a Emlurb vem realizando também, desde janeiro, a limpeza de galerias e canaletas em diversas ruas e avenidas, e principalmente em áreas mais críticas de acúmulo de água das chuvas. Das 19h da quarta (12) às 19h da quinta (13), o total de chuvas registrado no Recife chegou a 200,4 mm, o que corresponde a mais de 60% do previsto para todo o mês de maio, que é de 328,9 mm.

EMLURB – A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb) registrou, nesta sexta-feira (14), 10 ocorrências com árvores na cidade. Dessas, três já foram concluídas e as demais estão com o serviço em andamento. O prefeito vistoriou um serviço de retirada de árvore na Rua José Trajano, em Boa Viagem e outra na Rua Henrique Dias, no Derby.

A Emlurb também está, nesta sexta-feira (14), com a programação de desobstrução de pontos de acúmulo de água com 03 caminhões equipados com jato de sucção em diversas vias da cidade. As intervenções ocorrem na Rua Desembargador José Neves (na altura da Ferreira Pinto, em Boa Viagem), Avenida Conselheiro Aguiar (Boa Viagem/ Pina), Avenida Domingos Ferreira (Pina), Avenida Mascarenhas de Moraes ( na altura da Grillo, Imbiribeira), Avenida Dr. José Rufino (altura da Escola Imaculada, no Barro), Avenida Caxangá (na altura do Hospital Stª Terezinha e altura do Big Bompreço), Avenida Abdias de Carvalho (altura da Praça da CHESF, em San Martin), Rua Uriel de Holanda com Subida Alto José Bonifácio (Linha do Tiro), Avenida Agamenon Magalhães (altura da Praça do Derby), Rua Jener de Souza com Joaquim Nabuco (Derby), Avenida Norte (na descida do Morro da Conceição e próximo ao Bradesco, em Casa Amarela), entre outros.

TRÂNSITO – Equipes formadas por 150 agentes e 165 orientadores de trânsito da CTTU trabalham em áreas que foram afetadas pelas chuvas. Além disso, equipes técnicas trabalham com o intuito de realizar os ajustes necessários na rede semafórica da cidade. Entre 22h da quinta-feira (13) e 10h da sexta-feira (14), não foram registrados sinistros de trânsito com vítimas. No período, a CTTU registrou ocorrências em 24 semáforos, das quais sete já foram resolvidos e 17 estão em atendimento. As equipes técnicas já estão em deslocamento para normalizar todo o sistema. A Central de Operações de Trânsito (COT) da CTTU, que funciona 24 horas por dia, também realiza o trabalho de monitoramento das vias, identificando os pontos mais críticos, através de 162 câmeras de videomonitoramento.

ÁREAS DE MORRO – A Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec) já fez 16.519 vistorias, colocou lonas plásticas em 5.318 pontos (totalizando 1.576.946 m2) e realizou 1.291 ações de porta a porta para orientar as famílias sobre a situação de risco. A geomanta está sendo aplicada em diversos locais.

Atualmente, a Prefeitura do Recife totaliza mais de 350 obras nos morros. São 28 obras de contenção definitiva de encostas em andamento, com um aporte financeiro na ordem de R$ 42 milhões, e nove intervenções do mesmo tipo já entregues à população, num investimento de aproximadamente R$ 7,5 milhões. Já o programa Parceria tem atualmente 262 obras em andamento e este ano concluiu 55 intervenções. As equipes estão de prontidão para atender os chamados, que devem ser feitos pelo 0800.081.3400. A ligação é gratuita e o atendimento acontece 24h por dia.

Foto: Rodolfo Loepert/PCR

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.