Joel da Harpa defende idade máxima para ingresso na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Policiais e bombeiros poderão ter nova idade máxima para o ingresso nas Corporações. A ideia é defendida pelo Deputado Joel da Harpa que vê com bons olhos o Projeto de Lei 1469/20 estabelece 35 anos para os quadros de oficiais e de praças e de 40 anos para os quadros de oficiais médicos, de saúde ou de outras especializações.

A proposta em tramitação na Câmara dos Deputados insere o dispositivo na Lei de Reorganização da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar (Decreto-Lei 667/69). Segundo Joel, em muitos estados, nos editais de concursos públicos, a idade limite fixada em critérios distantes da realidade da expectativa de vida dos brasileiros. Além disso, não há uma padronização dos critérios para a realização dos concursos, criando realidades distintas para cada estado.

“Existem muitos homens e mulheres que acalentam o sonho de ingressarem nas Corporações. Seriam, certamente, ótimos profissionais, preparados intelectualmente e fisicamente mas esbarram nos critérios de idade. Fixar a idade-limite para ingressas nas Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares em torno de 20 anos, é, em última análise inconstitucional”, alerta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.