Jorge Alexandre culpa prefeita pelo fracasso de Camaragibe no combate à Covid-19

De acordo com dados do Sistema Único de Saúde (SUS) relacionados à mortalidade por Covid-19, Camaragibe é o sexto pior município no Brasil entre as cidades com mais de 100 mil habitantes. Em Pernambuco, só fica atrás de Jaboatão dos Guararapes e Paulista. Para o ex-prefeito e candidato a prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre (PSB), a prefeita Nadegi Queiroz (PR) é responsável por esta situação, pois, apesar de ser médica, não realizou ações eficazes contra a pandemia.

“Isso é resultado de uma gestão municipal que pouco investiu no combate à Covid-19. São hospitais em péssimas condições, postos de saúde fechados e falta de investimento em ações de combate à pandemia. Entre outras coisas, faltam medicamentos, equipamentos médicos e de proteção individual, além de capacitação para os profissionais de saúde. Não houve respeito com o povo. São vidas que poderiam ter sido salvas”, criticou Jorge Alexandre ao saber dos resultados da pesquisa do SUS.

Para ele, algo precisa mudar para melhorar este cenário, em que a saúde pública está sucateada. “Junto com o nosso grupo, vamos fazer com que Camaragibe volte a se tornar um município referência em saúde pública. Nossa cidade precisa avançar na saúde e em todas as outras áreas”, finalizou.

Eleito em 2012, Jorge Alexandre governou Camaragibe de 2013 a 2016 e deixou a marca de bom administrador, com a cidade modernizada e em crescimento. Entre outras coisas, Jorge Alexandre construiu a primeira escola de tempo integral da cidade e reestruturou o transporte público. Na sua gestão, Camaragibe foi o primeiro município da Região Metropolitana do Recife a aplicar geomanta em áreas com risco de deslizamento. Também implantou o programa Sobe e Desce Nota 10, que construiu os maiores muros de arrimo da cidade. Mais de 100 ruas foram pavimentadas nos 29 bairros da cidade, através do programa Ruas do Povo, e novas unidades de saúde e educação foram construídas.

Veja outras informações no Instagram (@jorgealexandre.ja) e facebook (@jorgealexandre.ja)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.