Jornalista cobra implantação de Biesp em Vitória durante audiência sobre segurança pública na Câmara de Vereadores

By 21/04/2022 - 11:42Pernambuco

O jornalista e apresentador da TV Vitória, Nogueira Júnior, cobrou a implantação de um Batalhão Integrado Especializado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, para reforçar o combate à criminalidade e ofertar mais sensação de segurança aos moradores da cidade que é considerada a 10° mais violenta do País, de acordo com a divulgação do último Anuário Brasileiro de Segurança Pública em 2021.

A cidade que tem mais de 139mil habitantes é também considerada a 2ª com mais registros de mortes violentas do Estado, perdendo apenas para o Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública também de 2020-2021.

Nogueira que atua há 8 anos como repórter policial trouxe à tona a reivindicação durante uma audiência pública realizada na Câmara de Vereadores da Vitoria. A sessão foi idealizada e presidida pelo vereador André Carvalho (PDT) que promoveu a discussão sobre o enfrentamento à criminalidade por parte dos poderes executivo, legislativo e judiciário, além das operativas que atuam no seguimento. “É uma discussão que não pode só ficar aqui, precisamos ir para a prática e agir de forma cirúrgica na criminalidade”, enfatiza.

Ele expôs a falta de investimento em prevenção e a falta de inserção dos jovens que são usados como peças fundamentais em associações criminosas no País. “A gente sabe que Vitória tem a maioria dos homicídios ligados a atividades criminais. E se a gente sabe o carro-chefe que formenta esses crimes, porquê não temos um investimento mais maciço em prevenção? Por que não trabalhamos com o jovem que muitas vezes é usado como ferramenta para compor organizações criminosas. O empenho deveria ser maior do próprio poder público municipal”, questionou.

O repórter frisou às necessidades de capacitar, armar a Guarda Civil Municipal e oferecer conhecimento técnico e fundamentado aos agentes que contribuem diretamente com a segurança pública. “A gente tem uma Guarda Civil Municipal que infelizmente não atende às próprias necessidades dela, que dirá da própria população. A gente precisa armar a GCM, dar conhecimento técnico e fundamento para esses agentes desempenharem um papel melhor na nossa sociedade”, disse.

Ao final da fala, Nogueira indicou uma cobrança que sempre foi feita durante os programas de TV: a implantação de uma unidade operacional especializada para reforçar a segurança. “E fica aqui uma sugestão ao deputado Henrique Queiroz Filho já que é base do Governo para levar ao governador Paulo Câmara a implantação de um Biesp aqui em Vitória de Santo Antão. Por que Vitória não tem? O 21º BPM tem que fazer ofício para solicitar a presença da Rádiopatrulha a CipMotos. E a gente pode ter um Biesp aqui para atender não só a necessidade de Vitória, mas também das outras cidades que compõem o Batalhão Monte das Tabocas”, reivindicou.

O novo batalhão atenderia a uma necessidade da região de reforçar o combate às diversas modalidades de crimes, como tráfico de drogas, assaltos, porte ilegal de armas e desarticulação de grupos de criminosos, com uma atenção especial ao patrulhamento e ações nas áreas rurais. .

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.