Justiça impede aglomerações em convenção do PSB no Cabo de Santo Agostinho

A Justiça do Cabo de Agostinho deferiu liminar determinando que a convenção do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que tem como candidato o atual prefeito prefeito Lula Cabral, cumpra os decretos estaduais quem impedem aglomerações, durante a convenção marcada para esta sexta-feira (11.09). A decisão atende a um pedido do diretório do MDB do Cabo de Santo Agostinho.

 

O PSB vai fazer a convenção na Praça 9 de julho, às margens da PE-60, no formato Drive-in. “Pelo tamanho do espaço, a aglomeração das pessoas seria inevitável, queremos o cumprimento dos decretos estaduais que determinam o distanciamento e o limite no número de pessoas que podem participar dos eventos”, explica o presidente do MDB do Cabo, José Arnaldo da Silva.

 

O presidente do MDB informou também que o partido denunciou junto à Justiça Eleitoral a utilização da máquina pública para fins de campanha, em benefício próprio. “Temos fotos feitas no local que podem comprovar nossas denúncias. Para coibir essas práticas abusivas, nós acionamos a Justiça Eleitoral”, completou José Arnaldo.

 

O convite dos socialistas para participação na convenção é amplo e irrestrito para qualquer pessoa do município, sem limite ou controle de quantidade de pessoas. “Defiro o pedido de liminar e determino ao PSB e o seu pré-candidato Luís Cabral de Oliveira Filho (Lula Cabral) que cumpram integralmente o decreto estadual no que se refere ao limite de 100 pessoas, atendendo às normas sanitárias” diz o despacho do Juiz Eleitoral do Cabo de Santo Agostinho, Ivanhoé Holanda Félix.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.