Legado de Beto atrai outras pré-candidaturas de Palmares; Luciano Júnior irá compor chapa

Luciano Júnior retirou pré-candidatura e será vice de Beto

Outra cidade pernambucana que promete ter uma das eleições mais acirradas de 2020 é Palmares, terceiro maior colégio eleitoral da Zona Mata Sul. No páreo entre os que mais tem a chance de levar a melhor na disputa pela Prefeitura está o ex-prefeito Beto Melo (PP), que conta com nomes fortes ao seu lado. São eles: o deputado federal e presidente estadual dos Progressitas, Eduardo da Fonte, e o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros.

Além de nomes fortes que alavancam o seu palanque, Beto Melo tem uma vantagem maior: sua gestão [2009/2012] foi marcada por obras importantes para o desenvolvimento da cidade, entre elas, a construção do mercado modelo da sulanca e a criação da Secretaria da Mulher pensando em iniciativas para fortalecer as mulheres.

Beto Melo, conhecido popularmente como Beto da Usina, também conseguiu deixar um legado importante na área da educação: a instalação do Instituto Federal, que beneficiou diversos jovens não apenas do município, bem como de toda a região. O ex-prefeito afirma que conseguiu em sua gestão pavimentar diversas ruas com recursos próprios, sem a ajuda do Fundo Estadual dos Municípios (FEM).

Ainda entre seus feitos, destaque para o Hospital Regional de Palmares, cujo terreno foi doado por ele. O pré-candidato a prefeito do PP também foi o responsável pela construção de mais três postos de saúde, bem como contratação de médicos, dentistas e enfermeiras, além de abastecer a farmácia básica com médicos.

O empresário teve um grande desafio à frente da Prefeitura de Palmares: administrar a cidade após a grande enchente de 2010, que destruiu uma grande parte da cidade. Muitos sonhos e iniciativas que estavam por ser realizadas tiveram que ser adiadas. “Infelizmente, as cheias de 2010 e 2011 não me deixaram fazer tudo o que planejava para deixar a minha marca registrada como administrador público, mas ainda assim fui prefeitos que mais trabalhou por Palmares”, salientou durante uma entrevista.

O pré-candidato do PP contou que decidiu disputar novamente o comando de sua terra por amor e não poupa críticas ao atual prefeito Altair Junior (MDB), que vai tentar a reeleição. Segundo Beto da Usina, a cidade está abandonada e entregue à própria sorte.

Beto já chegou a dizer que pediu votos e ajudou a eleger Altair porque ele era o melhor que se tinha na ocasião, mas que Altair enganou não só a ele, como também aos demais palmarenses. “Ele tem é o sangue de farrista e, enquanto perde tempo farrando no mundo, a cidade fica abandonada e entregue à própria sorte”, disparou sobre o emedebista.

O vereador de Palmares Luciano Júnior (PROS) vai compor a chapa liderada por Beto Melo. Nascido em Palmares e neto do ex-prefeito Chiquinho, Luciano Júnior é formado em Economia, fez pós-graduação em Gestão Pública, e está no seu segundo mandato como vereador.

Luciano tem levantado bandeiras importantes na Câmara Municipal de Palmares como a defesa pela agricultura familiar, da agroindústria e do cooperativismo. Ele é autor do projeto de lei Tribuna Popular, pioneiro em Pernambuco, visando que o cidadão tenha vez e voz na Câmara.

Beto, ao fazer o anúncio sobre a escolha de Luciano, não poupou elogios. “Com muita alegria que eu recebi o apoio do PROS. Tenho certeza que Luciano e seu grupo chegam para agregar e fazer uma Palmares melhor. Nossa pré-campanha cresce a cada dia e, se Deus quiser, Palmares voltará a sorrir”, comemorou por meio das redes sociais. A chapa, recentemente, também recebeu o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palmares.

O pré-candidato a prefeito segue confiante afirmando que o sentimento de mudança está estampado no rosto das pessoas. De acordo com suas palavras, seu plano de governo será “amplo e democrático” e feito escutando a população. “Ninguém faz nada sozinho. O povo ajuda a construir”, pontuou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.