Maria Arraes participa de inauguração do Movimento de Cultura Popular

By 20/09/2022 - 09:25Pernambuco

Lia de Itamaracá e MC Troia estiveram presentes 

 

A candidata a deputada federal, Maria Arraes, participou, nesta segunda-feira (19), do histórico evento CULTURA NA VEIA – da chapa majoritária da coligação PERNAMBUCO NA VEIA, liderada por Marília Arraes, candidata ao Governo do Estado, que reuniu mais de 500 pessoas, entre artistas e militantes. O objetivo foi resgatar, valorizar e devolver o respeito aos artistas de Pernambuco. O evento também marcou o lançamento do Movimento de Cultura Popular (MCP), inspirado no programa de Miguel Arraes. Lia de Itamaracá, Patrimônio Vivo da Cultura Popular, esteve no evento, além de nomes como MC Troia, Severina Baracho, As Fadas Originais, representantes do frevo, maracatu, caboclinho e de representações culturais.

O Movimento de Cultura Popular (MCP) foi originalmente criado por Miguel Arraes, junto à Paulo Freire, Germano Coelho e outros idealizadores, que aliaram a Cultura Popular e a Educação como ferramentas de transformação social e de conquista da cidadania. O novo MCP surge, portanto, inspirado neste movimento, trazendo novas propostas como a criação de um edital específico do Funcultura para a cultura popular.

Patrimônio Vivo da Cultura de Pernambuco e uma das maiores artistas da história do Brasil, Lia de Itamaracá falou no evento sobre a dificuldade que é ser uma artista negra na cultura pernambucana. “Por não receber um cachê digno, tenho que sair para fora para levar a nossa cultura para as outras regiões do país que nos valorizam. Levo Pernambuco em peso nas minhas costas, valorizando a cultura do nosso estado e do Brasil. Eu sou Lia”, pontua Lia de Itamaracá.

Para Maria Arraes, candidata a deputada federal, o respeito e incentivo à cultura também deve começar nas escolas. É fazendo da cultura algo essencial, como arroz e feijão, que a gente vai passar a conquistar mais espaço para as pautas do setor. Para isso, é preciso o incentivo a políticas políticas que façam a diferença na vida das pessoas, como o Movimento de Cultura Popular”, comentou Maria Arraes.

OLINDA – No mesmo dia, Maria Arraes participou de uma reunião com artistas populares de Olinda organizada por Eugênio Santos, líder político na região. Também estiveram presentes: Rodrigo Silva, secretário executivo de cultura; Pedro Amorim, secretário de serviços públicos; Éverton, passista bicampeão por PE; o grupo de dança Majê Molê; Alê, grafiteira, e integrantes da Brigada Arraes, além do grupo Charque Trio.

Foto: Rafinha Soares

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.