Ministério Público Eleitoral pede cassação da chapa do MDB de Araripina

O Ministério Público Eleitoral pediu a cassação da chapa do MDB do município de Araripina, pelo descumprimento do partido da regra legal da cota de gênero, do citado art. 10, § 3 o , da mesma lei.

A consequência é a cassação de todos os registros de candidatura e diplomas dos candidatos do partido, eleitos, suplentes e não eleitos, com declaração de nulidade dos votos correspondentes, recontagem total dos votos e recálculo do quociente eleitoral do Poder Legislativo do Município de Araripina.

Diante desta decisão, sairão Camila Modesto, João Doutor e Evandro, para a entrada de Leonardo Batista, Naicon e Maria Francisca.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.