Ministério Público Eleitoral vai investigar bloqueio de via para suposta realização de propaganda eleitoral, em Arcoverde

O Ministério Público Eleitoral instaurou um Procedimento Preparatório Eleitoral em Arcoverde, após notícias de possíveis irregularidades eleitorais relativas ao bloqueio de via pública para realização de propaganda eleitoral.

No auto, constam fotografias referentes ao bloqueio da Avenida Conselheiro João Alfredo, Boa Vista.

Diante disso, o promotor eleitoral Diógenes Luciano Nogueira requisitou à Autarquia de Trânsito e Transportes de Arcoverde (Arcotrans) que informe de quem partiu a determinação para o bloqueio da Avenida Conselheiro João Alfredo e qual a razão que motivou a prática do ato.As informações deverão vir acompanhada, se existir, de documentação comprobatória.

O promotor também solicitou ao comandante do 3* BPM de Arcoverde que informe se houve, por parte de qualquer partido político ou coligação de Arcoverde, comunicação de ato de propaganda eleitoral nas imediações da Avenida Conselheiro João Alfredo entre os dias 27 de setembro a 2 de outubro deste ano.

O Ministério Público Eleitoral também quer saber se houve, por parte de qualquer partido político ou coligação de Arcoverde, comunicação de ato carreata que tenha no seu itinerário a Avenida Conselheiro João Alfredo no final de semana dos dias 3 e 4 de outubro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.