Na Casa da Rabeca, Pedro Campos defende a cultura popular

By 06/08/2022 - 20:27Pernambuco

Durante o evento, houve o encontro de maracatu, cavalo-marinho, caboclinho e samba

OLINDA – Na Casa da Rabeca, o candidato a deputado federal pelo PSB, Pedro Campos, fez uma defesa firme da cultura popular. Durante o encontro de maracatu, cavalo-marinho, caboclinho e samba, ele destacou que a cultura merece ter um olhar especial.

“A cultura deve estar presente no trabalho que vamos fazer. Temos que ter um olhar para os mestres que estão aqui, os nossos patrimônios vivos”, afirmou, acrescentando a importância de também ter esse olhar para o jovem que está iniciando sua formação cultural. Além disso, entre propostas estratégicas para a área, Pedro acredita que programas de incentivo financeiro, a exemplo do crédito popular, podem vir a ajudar quem faz a cultura.

O evento contou com a presença do candidato a governador, Danilo Cabral, da candidata a vice, Luciana Santos, da candidata ao Senado, Teresa Leitão, além do candidato a deputado estadual, Sileno Guedes.

O anfitrião, Pedro Salustiano, é filho do Mestre Salustiano, que foi o criador da Casa da Rabeca – espaço de cultura popular que já tem 20 anos e que sempre era visitado pelo ex-governador Eduardo Campos, que seguiu sendo prestigiado da mesma forma pelo prefeito do Recife, João Campos, e que agora se mantém valorizado também por Pedro Campos. O entendimento dos membros da Frente Popular é que “a cultura é feita o ano todo. Tem que haver permanência”.

Foto: Lula Carneiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.