No Cabo, Lula Cabral anuncia antecipação de feriados e reabertura, com restrições, do comércio

Cabo - Lula Cabral2

O Prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral antecipou os feriados dos dias 11 de junho (Corpus Cristhi), 13, Santo Antônio (padroeiro da Cidade)e 24(São João) para os dias 1,2,e 3 de junho. Ao mesmo tempo, anunciou, nesta quinta -feira a flexibilização “com restrições“ para uma retomada gradual e consciente das atividades econômicas do município. A retomada dar-se-á, tendo em vista os efeitos das ações de combate ao Coronavírus e pela disponibilidade de leitos no município, instalação de dois hospitais de campanha, taxa do distanciamento social, uso de máscara, profilaxia das ruas e logradouros públicos e redução do número de casos confirmados.

O Plano é estabelecido por setores da economia e terá ritmos diferentes, por etapas, de acordo com as características de cada setor.

Não significa que será encerrado o período de quarentena, algumas atividades serão flexibilizadas, outras não.

O Plano está amparado na ciência, na saúde, nas questões regionais, dados analíticos e economia. “Entendemos que, de forma responsável, podemos salvar economicamente nosso comércio e atender as orientações das autoridades sanitárias” Declarou o Prefeito Lula Cabral.

A abertura obedecerá aos seguintes critérios:
– Acatamento aos parâmetros da OMS relativos à prevenção e combate da COVID 19;
– Abertura do comércio por protocolos de prevenção;
– Redução do horário funcionamento

CRONOGRAMA DE FLEXIBILIZAÇÃO
04 DE JUNHO DE 2020

– Comércio e serviços;
– Salões de beleza;
– Restaurantes;
Horário de abertura: 10h
Horário de fechamento: 18h

– Shopping
Horário de abertura: 12h
Horário de fechamento: 20h, sem abertura dos Cinemas.

Em 12 de Junho será a vez das Academias Privadas mediante as seguintes regras de funcionamento:
– Utilização inicial de 50% da capacidade de cada estabelecimento comercial;
– Garantia de distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas na circulação dos estabelecimentos;
– Evitar filas e aglomerações, mesmo na área externa dos estabelecimentos;
– Sinalização de obrigatoriedade de uso de máscaras na área externa do estabelecimento
-Restaurantes – devem funcionar com redução de 50% da capacidade de atendimento.
Distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas.
-Obrigatoriedade de fornecimento de EPIs (Equipamentos de Proteção) e álcool gel (70%) para os empregados, prestadores e entregadores, permitindo assim que não haja contato com outras pessoas.
– Intensificar a limpeza, desinfetar superfícies e locais que são tocados com frequência (como telefone, teclado ou maçaneta), oferecer local para lavar as mãos, priorizar a ventilação natural e manter a limpeza de aparelhos de ar-condicionado – se tiverem de ser utilizados.
-Assegurar que as medidas de isolamento social e quarentena sejam mantidas aos empregadores e empregados maiores de 60 anos e demais integrantes dos grupos de risco;
– Eventos públicos e privados continuam suspensos.

Permanecem proibidas a reaberturas de bares, casas noturnas, pubs, lounges, tabacarias, boates e similares;

Proibidas também a reabertura de parques, aglomeração de pessoas em praças, além de eventos públicos ou particulares, clubes, associações recreativas e afins, áreas comuns, playground, complexos de lazer, academias da terceira idade, pista de skate e academias da cidade (de controle da prefeitura).

A reavaliação dos dados será realizada a cada sete dias pelas autoridades, para decidir se haverá evolução ou regressão da flexibilização.