O que a bancada do Novo pensa sobre o adiamento das eleições

By 25/06/2020 - 10:49BlogFalaPE

No debate sobre a data das eleições municipais na Câmara, deputados do Novo defendem que nem sequer seja cogitada a prorrogação de mandatos.

“É fundamental que as eleições sejam mantidas em 2020 e que não seja criada brecha alguma para a prorrogação de mandatos”, disse Paulo Ganime, líder da bancada, a O Antagonista.

Ganime afirmou que não é contrário a adiar o pleito, como decidiu o Senado, desde que “nenhuma medida nociva à sociedade seja empurrada junto com a mudança da data”.

“Exemplo disso seria a ampliação do horário eleitoral gratuito, que de gratuito não tem nada: é pago por todos nós via isenção fiscal.”

Marcel van Hattem disse: “Sou contra prorrogar mandatos. Sobre adiamento, depende: ainda não sei avaliar se seria necessário”.

O deputado Tiago Mitraud considera “razoável” o adiamento para novembro, conforme previsto na PEC aprovada no Senado.

“Acho razoável, dado que provavelmente em meados de agosto, no início da campanha, ainda não teremos vencido a Covid-19. Mas, em hipótese alguma, devemos prorrogar mandatos.”

Mitraud acrescentou com um alerta:

“Temos que tomar cuidado para não usarem o adiamento como subterfúgio para propostas que aumentem o poder dos partidos e o custo das eleições.”

Como noticiamos, o Centrão se uniu na Câmara para barrar a PEC do adiamento das eleições e manter o pleito em outubro.

O Antagonista