Obra do novo sistema de esgotamento sanitário avança no Cabo de Santo Agostinho e chega ao centro da cidade

A obra de implantação do novo sistema de esgotamento sanitário na cidade do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (RMR), segue para uma nova fase de execução. Desta vez, as intervenções, que serão divididas em três etapas, começam a partir da próxima segunda-feira (22), nas principais vias do comércio da cidade, que envolve a área entre a Rua Doutor Antônio de Souza Leão e Avenida Luiz Cabral de Oliveira, no trecho situado entre o Supermercado Arcomix e o Mercadão.

Mediante orientação e nivelamento com a prefeitura do município, as atividades serão executadas no período noturno, de segunda à sexta-feira, sempre no horário das 19h às 06h, para que o impacto da obra seja minimizado tanto para o tráfego de veículos como para os estabelecimentos comerciais.

A primeira fase dessa etapa da obra prevê o assentamento do coletor tronco, tubulação do sistema de esgoto responsável pelo direcionamento do fluxo de efluente das redes coletoras para a estação de tratamento. Serão quase mil metros de tubulações implantadas, divididas nas três etapas de trabalho, com duração média de 20 dias em cada uma.

No trecho que se inicia na segunda-feira (22), serão implantados 300 metros de tubulações na Rua Doutor Antônio de Souza Leão e Avenida Luiz Cabral de Oliveira.  A segunda etapa vai ser iniciada no dia 20 de setembro, quando serão assentados 295 metros de tubulações nas Ruas Manoel Maria Caetano Bom e Pelotas, entre a Praça do Jacaré e a Lanchonete Rei das Massas. Por fim, a última etapa tem previsão de início no dia 11 de outubro e visa a implantação de 360 metros de redes na Rua V. Pelotas a Dr. Antônio de Souza Leão, trecho entre a Lanchonete Rei das Massas e o Supermercado ArcoMix. A expectativa é que todas as etapas sejam finalizadas até o dia 01 de novembro.

As interdições nas ruas indicadas acontecerão de forma parcial, com desvios pelas próprias vias. Apenas em caso de interferência imprevista, poderão ocorrer interdições totais, que serão avisadas à população antecipadamente. Motoristas e pedestres devem prestar atenção e respeitar a sinalização da obra, visto que essa área possui grande movimento em decorrência do forte comércio na região.

A obra, um investimento de R$ 45 milhões, é uma iniciativa do Programa Cidade Saneada, parceria da Compesa com a BRK. A previsão é concluir o empreendimento em dezembro de 2024, quando serão beneficiadas cerca de 30 mil pessoas, ampliando o índice de cobertura de esgoto para 27% na cidade. Uma segunda etapa da obra de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário do Cabo de Santo Agostinho já está no planejamento da Compesa. A meta é deixar o município com 90% da população atendida com abastecimento de água e também com  serviços  de esgoto.

Serviço:

 

Os moradores do Cabo de Santo Agostinho podem acionar o Plantão Social da obra por meio do WhatsApp (81) 99300-5072, que funciona de segunda à sexta, das 07 às 17h. Por esse canal de comunicação, os moradores podem obter informações, oferecer sugestões ou tirar dúvidas  sobre a obra de esgoto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.