Obras dos quiosques da orla do Recife entram em nova etapa

Foto: Rodolfo Loepert/PCR

Prefeitura realiza concretagem de laje nas primeiras unidades do lote que já está com obras em andamento; ainda neste mês, a intervenção terá início em mais 12 quiosques

Praia, sol, gente animada e quiosques novos com toda a estrutura para atender bem recifenses e turistas. É o cenário que está perto de se tornar realidade com a construção dos 60 quiosques da orla da capital, nos bairros do Pina e Boa Viagem. As obras da Prefeitura do Recife seguem avançando e nesta sexta-feira (6) foi iniciada a primeira concretagem de laje, que acontece no equipamento de número 59, uma das seis unidades já em obras. O prefeito do Recife João Campos conferiu no local o avanço dos trabalhos desta primeira etapa.

Já neste mês de maio, mais 12 quiosques entrarão em obras. A Prefeitura, por meio do Gabinete de Projetos Especiais, investirá na ordem de R$ 8,6 milhões na construção das novas estruturas no calçadão. 

O prefeito do Recife João Campos monitora de perto a evolução das obras. “O primeiro lote já está avançado. O acompanhamento é rigoroso, de perto e a cobrança sempre alta. Aqui há um caminhão betoneira, estamos utilizando o concreto pigmentado. Nesse quiosque, a fundação foi feita, a base já foi feita, os pilares também, agora vão concretar a laje. Em relação aos pilares, como o concreto é ripado, parece um pouco uma madeira, parecido com os do museu Cais do Sertão”, comentou João Campos no local.

A orla conta com 60 quiosques e o plano prevê a intervenção em 10 etapas, com obras que deverão durar aproximadamente um ano, com intervenções acontecendo simultaneamente em seis quiosques por vez. Assim, os seis primeiros, já em obras, são os que estavam em estado de conservação mais precário, seguindo a direção Boa Viagem/Centro do Recife. Já foi iniciada  a colocação dos tapumes no segundo lote, com mais seis quiosques, e no final deste mês outros seis entrarão em obras.

Os novos quiosques terão tamanho padrão de 39,8 metros quadrados de área coberta, sendo 12,14 metros quadrados de área interna – maiores que as estruturas atuais. A ideia do projeto é realizar a transição entre o ambiente natural da praia e o construído – calçadão e avenida – mantendo aspectos de segurança, durabilidade, manutenção, funcionalidade e acessibilidade.

O sistema de lajes de concreto de alto desempenho vai garantir segurança e durabilidade aos quiosques, além de facilitar a manutenção. A acessibilidade está contemplada no projeto – os equipamentos têm previsão de balcão acessível para atendimento de cadeirantes. O projeto terá forte identidade recifense, com a preservação da herança arquitetônica, da memória urbana e da cultura popular da cidade. A laje plana projetada dialoga com a linha do horizonte da praia. 

A chefe do Gabinete de Projetos Especiais, Cinthia Melo, afirmou que a previsão é entregar a primeira etapa no próximo mês.  “Esses quiosques vão dar uma nova cara para a orla de Boa Viagem, eles já se comunicam com a linha do horizonte do mar. Os equipamentos vão ter muito mais características recifenses, seja nos seus acabamentos, seja na qualidade da execução, ele está vindo com elementos de concreto que darão maior durabilidade”, finalizou ela.

ORLA – A reforma dos quiosques faz parte de um pacote de investimentos do Município na orla do Pina e de Boa Viagem, que passará em breve por obras de requalificação. O edital para contratação dos projetos básico e executivo já foi publicado no Diário Oficial, contemplando também a orla da comunidade de Brasília Teimosa. A licitação para a contratação dos projetos está orçada em R$ 3.144.611,86 e sob a coordenação técnica do Gabinete de Projetos Especiais. O prazo para a entrega dos projetos será de 12 meses após a conclusão do processo de licitação.

QUADRAS – Além disso, a Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), vai requalificar os equipamentos esportivos da orla, incluindo três campos de futebol, uma quadra de basquete, duas quadras de voleibol e quatro quadras poliesportivas. O processo de licitação da obra já foi concluído, com investimento de R$ 1 milhão, e a intervenção vai incluir serviços de pintura; implantação e recuperação de pisos; bancos, alambrados e implantação de rampas de acessibilidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.