Oposição denuncia “farra no combustível” em Buíque

Foto: Dacio Rabelo

Em Buíque, município localizado no Agreste de Pernambuco, prefeitura aumentou em mais de três vezes os gastos com combustívies durante mandato do prefeito Arquimedes Valença (MDB). Grupo oposicionista no município acusa atual gestão de “farra no combustível”.

De acordo com o Portal da Transparência, em 2017 o valor do contrato firmado pelo poder executivo da cidade era de R$3.234.668,25 (três milhões, duzentos e trinta e quatro mil, seiscentos e sessenta e oito reais e vinte e cinco centavos).

Já em 2019, o valor passou a ser de R$7.379.332,00 (sete milhões, trezentos e setenta e nove mil, trezentos e trinta e dois mil reais), representando um aumento de 100% para os cofres da públicos.

Neste ano, a Prefeitura de Buíque publicou o novo contrato estabelecido no processo de licitação, no valor de R$11.381.025,00 (onze milhões, trezentos e oitenta e um mil, e vinte e cinco reais).

O valor licitado com combustíveis representa 3 vezes mais em comparação com o valor estabelecido em 2017, primeiro ano da gestão do prefeito Arquimedes Valença.

O opositor que levantou os dados não quis se identificar.

Todas as informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.