Governo de Pernambuco anuncia cartão alimentação para estudantes da Rede Pública Estadual

By BlogFalaPE No Comments

Paulo Camara2

O cartão irá beneficiar os estudantes mais carentes da rede durante o período de suspensão das aulas. Governo vai abrir linha de crédito no valor de R$ 6 milhões para o Polo de Confecções e disponibilizar material técnico para produção de equipamentos de proteção, como batas e máscaras. Agendamento de atendimentos nas Agências do Trabalho será retomado.

O Governo de Pernambuco anunciou o lançamento do cartão alimentação para estudantes da rede pública estadual. Com investimentos na ordem de R$ 12 milhões, o repasse de R$ 50 irá beneficiar cerca de 240 mil estudantes em todas as regiões do Estado.

Serão beneficiados com a medida os estudantes em maior situação de vulnerabilidade e que dependem da merenda fornecida pelas escolas. Com as aulas suspensas devido ao isolamento como forma de prevenção a propagação do novo Coronavírus, a medida do Governo do Estado busca suprir a interrupção das atividades nas escolas, inclusive, do fornecimento da merenda para os estudantes. O valor repassado será equivalente aos alimentos necessários para um mês de refeição por estudante e só poderá ser utilizado em compras de produtos alimentícios.

A iniciativa tem como base os dados das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

A distribuição do cartão alimentação, que será gerenciado pela Alelo, empresa de serviços financeiros especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas, será realizada a partir do dia 20/04. A Secretaria de Educação do Estado explica que a partir da próxima segunda-feira (13), as famílias dos estudantes da rede pública estadual poderão acessar o site (educacao.pe.gov.br) e realizar a consulta para saber se terão direito ao benefício.

Também será disponibilizada a consulta da rede Alelo, que contempla mais de 9.300 estabelecimentos credenciados em todas as regiões do Estado. A estratégia de uso do cartão alimentação vai também beneficiar a economia dói estado, pois os alimentos serão adquiridos em supermercados, mercadinhos, padarias e outros estabelecimentos locais.

Além do cartão merenda, a família receberá uma carta de apresentação com todas as orientações sobre o uso do cartão, informações nutricionais, sugestões dos  produtos a serem adquiridos e de produtos não permitidos, como bebidas alcoólicas e refrigerantes, por exemplo.

POLO – O Polo de Confecções do Agreste será mais um aliado dos pernambucanos no combate à pandemia do coronavírus. Atento à relevância do setor produtivo para o PIB da região, o Governo lançou medidas para impulsionar a indústria, adequando a linha de produção para atender à demanda da população por equipamentos e itens de proteção contra a Covid-19.

A ação é dividida em três eixos estratégicos: apoio técnico, com fornecimento de manuais para produção e de selo de certificação para atestar a qualidade dos novos produtos; suporte financeiro, com linha de crédito especial no valor de R$ 6 milhões, garantindo a aquisição de matéria-prima para mais de 120 empresas; e consultoria comercial, com o objetivo de facilitar a interlocução com os diversos mercados consumidores.

A estimativa inicial é que o polo produza cerca de 1 milhão de unidades de máscaras para abastecer a população do Estado em pontos de venda físicos, como supermercados e farmácias, e também por meio de plataformas de e-commerce. Além de aproximar o setor fabril das empresas do varejo, o Governo do Estado já encomendou 200 mil unidades dos protetores faciais para abastecer os servidores públicos que continuam trabalhando, diariamente, em contato com o público.

A mudança da linha de trabalho de fábricas do Agreste foi iniciada e o objetivo é que ela ocorra de forma padronizada, mantendo os requisitos de qualidade que o mercado exige. O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco (NTCPE), organização social contratada para desenvolver políticas públicas para o setor, tem fornecido há cerca de duas semanas um manual técnico com protótipos de equipamentos de proteção, como batas, máscaras e protetores para os pés, para as empresas promoverem a adaptação necessária. Cerca de 50 empresas já estão com suas linhas de produção ativas.

O documento, que está disponível gratuitamente no site www.ntcpe.org.br, descreve modelagens e insumos necessários para a fabricação de cada produto. A ação tem como base aproveitar a base industrial já instalada e escoar a matéria-prima existente na região, incentivando a aquisição de fornecedores locais. Além disso, o NTCPE vai avaliar os protótipos confeccionados, emitindo um selo de qualidade que garantirá a padronização da produção em grande escala.

Para garantir a compra de insumos e cobrir estoques para a nova produção, os empreendedores do Polo de Confecções terão acesso a uma linha de crédito, disponibilizada pelo Governo do Estado através da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE). Os recursos deverão ser utilizados exclusivamente para a compra da matéria-prima necessária à confecção de itens para o combate e proteção à Covid-19. São cartas de crédito com empréstimos individuais de até R$ 50 mil, totalizando R$ 6 milhões e taxas de juros de 0,31% ao mês. Mais de 100 empresas devem ser beneficiadas. Mais informações podem ser obtidas pelo Disque AGE (0800- 081-8081) ou pelo e-mail negocios@age.pe.gov.br.

Grandes empresas que reúnem milhares de fornecedores em seus canais de venda, já estão em negociação com o governo estadual para disponibilizar a produção pernambucana de máscaras e demais itens em suas plataformas de e-commerce. Estabelecimentos do atacado e do varejo que não foram impactados com a suspensão das atividades, como supermercados e farmácias, serão acionados para abastecer suas prateleiras com os itens fabricados no Agreste pernambucano.

O setor têxtil e de confecções do Agreste movimenta, por ano, quase R$ 6 bilhões em negócios, além de ocupar cerca de 250 mil pessoas, entre empregos formais e informais em todo o Estado. As indústrias respondem pela produção de 225 milhões de peças por ano e são o principal agente econômico na geração de riquezas e de postos de trabalho de mais de 40 municípios em Pernambuco e na Paraíba.

TRABALHO – Para atender aos trabalhadores e trabalhadoras que têm dificuldade de acesso à internet, a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco decidiu retomar os atendimentos presenciais em 30 Agências do Trabalho em 11 Regiões de Desenvolvimento do Estado a partir da próxima terça-feira (14/04). A prioridade é para pessoas que precisam acessar o Seguro Desemprego. O funcionamento ao público irá respeitar as medidas emergenciais temporárias no combate ao novo Coronavírus, dispostas no Decreto do Governo do Estado, bem como as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Todas as unidades das Agências do Trabalho terão uma série de cuidados para oferecer segurança, tanto aos servidores, quanto aos trabalhadores que necessitam dos serviços presenciais.  Com o intuito de não formar filas e evitar aglomerações, os atendimentos deverão ser agendados pelo canal www.pecidadao.pe.gov.br. Outros serviços realizados pelo Núcleo de Atendimento continuarão sendo oferecidos aos trabalhadores, como informações sobre o Seguro Desemprego, acesso à Carteira Digital do Trabalho e intermediação de mão de obra.

Para preservar a saúde dos trabalhadores, os cuidados preventivos serão iniciados na entrada as Agências, com a oferta de álcool 70% para os trabalhadores que chegarem. Os servidores estarão usando máscaras e terão à sua disposição álcool 70%. Também serão orientados a fazer a higienização das mãos com água e sabão a cada três atendimentos. Nos guichês, os atendimentos serão feitos de forma alternada, mantendo assim, uma distância de pelo menos dois metros um do outro.

Após pedido de Eduardo da Fonte, governo federal libera saque do FGTS

By BlogFalaPE No Comments

O governo federal anunciou nesta quarta-feira a liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir do dia 15 de junho. A decisão ocorreu após solicitação do deputado federal Eduardo da Fonte (PP). A medida provisória já foi publicada no Diário Oficial da União, mas precisa da aprovação do Congresso Nacional para começar a valer.

“Sem dúvida é uma medida que ajudará as famílias no enfrentamento da crise. Fiz esta solicitação ao presidente da República há pouco mais de 20 dias e recebo com alegria a notícia que fomos atendidos. É mais uma vitória que conseguimos na luta contra o coronavírus”, declarou Eduardo da Fonte.

Será possível sacar até R$ 1.045 de contas ativas e inativas. A Caixa Econômica Federal definirá o calendário de saques, que deverão ocorrer entre 15 de junho e 31 de dezembro.

Segue abaixo link da solicitação de Eduardo da Fonte:

4.of-027-presidente-min.-paulo-guedes-liberacao-emergencial-fgts.pdf.pdf

Prefeita Débora Almeida recebe duas novas ambulâncias do ex-vice-prefeito José Almeida, em São Bento do Una

By BlogFalaPE No Comments

A prefeita Débora Almeida e a Secretária Municipal de Saúde, Aline Cordeiro, receberam das mãos do ex-vice prefeito, José Almeida, as chaves de duas ambulâncias para ficarem a disposição de comunidades da Zona Rural. A entrega aconteceu na sede da Granja Almeida na manhã dessa quarta-feira, 08 de abril.

Um dos veículos irá atender o povoado de Queimada Grande e região, enquanto a outra irá ficar a disposição das comunidades do Gama, Açude Novo, Armazém e adjacências.

O recebimento dos veículos aconteceu na sede da empresa do ex-vice prefeito, José Almeida, por conta das restrições quanto a aglomerações recomendada pelas autoridades devido a pandemia causada pelo Novo Coronavírus. Durante a entrega, foram adotadas todas as medidas sanitárias, inclusive o distanciamento social. Quanto aos veículos, eles já estão a disposição das comunidades beneficiadas.

Lagoa Grande: Quarentena de Solidariedade

By BlogFalaPE No Comments

O vice-prefeito Ítalo Ferreira e os vereadores Alvanir, Rosa Farias, Nena Gato e Professor Vavá, em rápida reunião nessa manhã de quarta-feira, anunciaram uma ação coletiva para minimizar os efeitos da crise do covid-19 em Lagoa Grande.

Usando parte dos seus salários vão adquirir e doar UMA TONELADA de Alimentos e produtos de limpeza para uma instituição distribuir entre famílias lagoagrandenses em situação de vulnerabilidade.

Confira como pedir a renda básica emergencial de R$ 600

By BlogFalaPE No Comments
Lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Da Agência Brasil

Paga a trabalhadores informais de baixa renda e a beneficiários do Bolsa Família, a renda básica emergencial de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras será depositada de forma automática para quem já está inscrito no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) a partir de quinta-feira (9) e tem conta no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. Os demais trabalhadores terão de se cadastrar no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site Auxílio Caixa e começarão a ser pagos até o dia 14.

Quem está no Bolsa Família não precisa se cadastrar e receberá o auxílio emergencial no mesmo dia do pagamento do programa social, que ocorre entre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário desse grupo receberá o maior valor entre o Bolsa Família e a renda básica emergencial no fim de abril, de maio e de junho.

Nesta fase, o dinheiro será depositado em contas poupança digitais ou na conta corrente informada pelo beneficiário e só poderá ser movimentado eletronicamente. O calendário para saques em bancos, casas lotéricas ou correspondentes bancários será divulgado posteriormente.

Confira abaixo mais questões sobre o benefício.

Quem tem direito ao auxílio emergencial?

O benefício será para às seguintes pessoas:

» Que estão inscritas no CadÚnico até o último dia dia 20 de março;
» Que são microempreendedores individuais;
» Que são contribuintes individuais ou facultativos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
» Que estão na informalidade, sem inscrição em programas sociais nem contribuir para o INSS;
» Que são inscritos no Bolsa Família;
Atenção: O auxílio não será pago a quem recebe aposentadorias, pensões e demais benefícios previdenciários, seguro-desemprego, benefícios assistenciais como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outro programa federal de transferência de renda que não seja o Bolsa Família.

Todos os beneficiários deverão:

» Ter mais de 18 anos de idade e Cadastro de Pessoa Física (CPF) ativo;
» Ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);
» Ter renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) na família inteira;
» Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018;
» A renda familiar considera os rendimentos de todos os membros que vivem na mesma residência, exceto os pagamentos do Bolsa Família.

Como será feito o pagamento a mães solteiras?

» Mulheres mães e chefes de família poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês caso se enquadrem nos critérios anteriores.

 

O que acontecerá se quem recebe o auxílio emergencial conseguir emprego?

» Beneficiário que, durante a vigência do programa, for contratado com carteira assinada ou vir a renda familiar ultrapassar o limite continuará a receber a renda básica emergencial

 

Quem precisa baixar o aplicativo e se cadastrar?

» Trabalhadores informais sem registro
» Microempreendedores individuais
» Contribuintes individuais ou facultativos do INSS
» Embora os MEI e os contribuintes do INSS estejam inscritos na base de dados do governo, a Caixa Econômica Federal e o Ministério da Cidadania recomendam baixar o aplicativo e para ajustar dados, como a renda familiar. O aplicativo avisará caso o CPF do trabalhador já esteja inscrito no CadÚnico
» Beneficiários do Bolsa Família não precisam se cadastrar

 

Como fazer o cadastro?

O cadastro pode ser feito de três formas:

» Pela internet, no site auxilio.caixa.gov.br
» Pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, disponível para celulares e tablets do sistemas Android e iOS
» Cadastro em lotéricas e agências da Caixa para quem não tem acesso à internet. Por causa da pandemia de coronavírus, as agências da Caixa estão funcionando com horário reduzido, das 10h às 14h
» Os aplicativos podem ser baixados de graça por quem não tenha crédito no celular, graças a um acordo entre o governo e as operadoras de telefonia
» Governo recomenda apenas usar os canais indicados para evitar enviar dados a sites falsos e aplicativos fraudulentos

 

Que informações são necessárias para fazer o cadastro?

» Nome completo, número do CPF, data de nascimento e Nome da mãe;
» Número de celular para receber um SMS com a informação se o benefício foi concedido ou negado;
» Renda individual e ramo de atividade;
» Cidade e estado onde reside;
» Número de conta corrente, para quem tem conta em banco;
» Número da identidade (RG) ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para quem deseja criar a conta poupança digital

 

Qual será o calendário de pagamento?

Para inscritos no CadÚnico:

» Primeira parcela: a partir de quinta-feira (9) para quem tem conta no Banco do Brasil ou conta poupança na Caixa, dois dias úteis após a Caixa receber a base de dados da Dataprev, que ocorre hoje (7);
» Segunda parcela: entre 27 e 30 de abril, dependendo do mês de nascimento do trabalhador;
» Terceira e última parcela: entre 26 e 29 de maio, dependendo do mês de nascimento

 

Para os trabalhadores informais, MEI e contribuintes individuais ou facultativos do INSS, que fizeram o cadastro no site ou no aplicativo:

» Primeira parcela: a partir de 14 de abril, com a possibilidade de ser pago na segunda-feira (13), caso a Caixa termine de processar os dados antes do prazo de três dias úteis;
» Segunda parcela: entre 27 e 30 de abril;
» Terceira e última parcela: entre 26 e 29 de maio.

 

Quem recebe Bolsa Família:

» As três parcelas serão pagas nos mesmos dias de pagamento do Bolsa Família, nos últimos dez dias úteis de cada mês, conforme o final do Número de Inscrição Social (NIS);
» Meses de pagamento das parcelas: abril, maio e junho.

 

Como será feito o pagamento?

Nesta primeira fase, não haverá saques, apenas depósitos. O dinheiro só poderá ser movimentado eletronicamente. Beneficiários com conta aberta no próprio nome em qualquer outro banco podem indicá-la para receber o valor. A Caixa transferirá o dinheiro sem custos adicionais.

Já beneficiários sem conta em banco terão de autorizar a abertura de uma conta poupança digital na hora de cadastrar o benefício no site ou no aplicativo. O processo é automático e dispensa a apresentação física de documentos. Beneficiários sem acesso à internet poderão fazer o cadastro nas agências da Caixa ou nas casas lotéricas (se estiverem abertas), com o recebimento do dinheiro na conta indicada, seja ela conta corrente ou conta poupança digital.

Os usuários de conta poupança digital terão direito a:

» Isenção de tarifas de manutenção;
» Até três transferências eletrônicas por mês para outros bancos sem custo nos próximos 90 dias;
» Transferências ilimitadas para outras contas da Caixa Econômica, mesmo no nome de terceiros;
» Acesso e movimentação apenas por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas e de boletos bancários

Os usuários de conta poupança digital não terão direito a:

» Cartão físico para movimentar a conta

 

Existe um telefone para tirar dúvidas?

O trabalhador pode ligar para o telefone 111, criado pela Caixa, para tirar dúvidas sobre a renda básica emergencial. A linha está disponível apenas para o esclarecimento de informações. O trabalhador pode consultar se está no CadÚnico, no Bolsa Família e se precisa cadastrar-se no aplicativo ou no site.

As ligações podem ser feitas pelo celular de forma gratuita, graças a um acordo entre o governo e operadoras telefônicas.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Prefeitura do Ipojuca desrespeita regras de contenção ao coronavírus e promove aglomeração para entrega de peixes à população

By BlogFalaPE One Comment

Enquanto governos e autoridades sanitárias de todo o mundo ressaltam a importância do isolamento social para a contenção do novo coronavírus, a Prefeitura do Ipojuca promoveu, nesta terça-feira (8) uma aglomeração de pessoas em quadra no município. De acordo com a população, o governo municipal anunciou distribuição de peixes aos ipojucanos, que ocorreria nesta manhã.

Sem luvas e máscaras, funcionários da prefeitura chegaram a organizar a estrutura para a distribuição dos pescados. No entanto, os servidores precisaram cancelar a entrega dos alimentos, pois a empresa responsável pelo fornecimento não conseguiu entregar os insumos a tempo. Em vídeo, o representante da fornecedora, José Carlos, informou que a entrega precisou ser adiada devido a um acidente com o caminhão que transportava o peixe.

Ipojuca é um dos maiores municípios de Pernambuco, situado na Região Metropolitana do Recife, onde os números de casos do coronavírus avança com rapidez.

Nota Oficial: Deputado Professor Paulo Dutra testa positivo para COVID-19

By BlogFalaPE No Comments

Paulo Dutra

O deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB), vice-presidente da comissão de educação e cultura da ALEPE, recebeu hoje pela manhã o resultado positivo para a COVID-19, doença causada pelo novo Coronavírus.

Paulo Dutra, de 58 anos, vinha sentindo moleza no corpo e dor de garganta há cerca de cinco dias. Por orientação médica, o parlamentar encontra-se cumprindo isolamento total em sua residência, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife. Seu estado de saúde é bom e sua evolução será acompanhada pelos médicos inicialmente à distância. Pessoas que tiveram contato com Dutra também terão de ficar em quarentena.

Em Carnaíba, Podemos terá Gleybson Martins na disputa pela prefeitura

By BlogFalaPE No Comments

Encerrado o prazo de filiações, o Podemos segue firme ampliando o número de candidaturas próprias em todo o estado. Em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, a legenda terá o atual presidente da Câmara de Vereadores, Gleybson Martins, como candidato a prefeito.

Presidente da sigla no estado, o deputado federal Ricardo Teobaldo reforçou a importância das candidaturas próprias do Podemos. “Nossas pautas políticas estão em sintonia com a sociedade, então é natural que tenhamos o maior número de candidaturas próprias possíveis. Em Carnaíba não será diferente. Gleybson será o candidato do Podemos no município. É uma candidatura importante para nós e vem suprir o sentimento de mudança presente na cidade”, destacou.

O vereador, e pré-candidato a prefeito, Gleybson Martins, falou do apoio recebido pela legenda. “Essa foi uma decisão amadurecida e tenho certeza de ter feito a escolha acertada, não apenas pelas garantias que recebemos de que vamos disputar as eleições, mas que apoiamos a nossa imagem a de quem tem ilibada reputação”, disse Gleybson Martins, referindo-se a Ricardo Teobaldo.

“Precisamos urgentemente levar recursos para municípios e estados”, afirma Fernando Monteiro em sessão na Câmara

By BlogFalaPE No Comments

Fernando Monteiro em sessao remota combate ao coronavirus

Em sessão remota da Câmara dos Deputados, na tarde desta terça-feira (07), o deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) enfatizou ao presidente da Casa, Rodrigo Maia, e aos demais colegas, a necessidade de medidas urgentes para ajuda aos estados e municípios no combate aos efeitos da Covid-19. Segundo o parlamentar, “o Congresso precisa aprovar, o quanto antes, projetos que viabilizem a chegada de recursos nesta crise sem precedentes, tanto na saúde, quanto na economia”. Segundo ele, “sem isso, muitos estados poderão entrar no segundo semestre sem recursos por conta da queda na sua arrecadação e necessidade de investimentos emergenciais”.

Fernando Monteiro destacou a importância da urgência das pautas sobre o tema também pela necessidade de se manter o isolamento social, recomendado pelo Ministério da Saúde com base em recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). “As pessoas precisam de dinheiro para sobreviverem e manterem suas famílias. Sem a ajuda necessária, elas acabam tendo que sair de suas casas, se expondo. Em muitas cidades pequenas do Nordeste, feiras livres, que ocorriam uma vez por semana, agora são realizadas três vezes por semana. Isso ocorre pelo desespero de garantir a comida dentro de casa. A demora está gerando angústia na população”, exemplificou.

O deputado pernambucano também citou, entre os projetos neste sentido que aguardam por votação, o de sua autoria, que autoriza estados e municípios a utilizarem os recursos advindos de multas de trânsito para o enfrentamento da pandemia. “Esta é mais uma medida que vai garantir dinheiro na ponta, dinheiro na veia dos governos estaduais e prefeituras. Temos todo o potencial para fazer isso”, afirmou Fernando Monteiro. O parlamentar falou ainda da necessidade de aprovação do Plano Mansueto, ou similar, que permita o acesso a empréstimos a longo prazo, com garantias da União, pelos estados e municípios, que também aguarda por votação.

Ainda na sessão, o parlamentar destacou a liberação, pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, de recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos – Leite (PAA Leite), numa solicitação da qual participou e que vai beneficiar os pequenos produtores de todas as regiões do País. De acordo com o parlamentar, a cada R$ 1 milhão liberado, consegue-se alimentar mais de 20 mil pessoas. “Com o valor de R$ 1 bilhão, 20 milhões de pessoas de toda a cadeia produtiva serão beneficiadas”, calculou.

Fernando Monteiro parabenizou também a forte atuação no combate à Covid-19 pelo ministro Henrique Mandetta em “seu belíssimo trabalho à frente do Ministério da Saúde”. O deputado lembrou também da importância fundamental dos governadores, que “têm lutado dia e noite para controlar esta pandemia. O momento agora é de união e esforços de todos, juntos pela mesma causa, que é salvar vidas”.

Caos em São Lourenço da Mata: Prefeito Bruno Pereira ordena demissão em massa, e é pego na mentira novamente

By BlogFalaPE No Comments

SLM - Bruno Pereira - Fundo Eleitoral

O prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, emitiu decreto publicado nesta terça-feira, 08 de abril, onde demite todos os contratados e comissionados não vinculados às Secretarias de Saúde e Assistência Social, ou seja, uma demissão em massa. Nos bastidores estima-se em 600 pessoas sem seus empregos.

A economia da cidade deve sofrer ainda mais com à má administração do município. Quem trabalha no comércio e serviços tem suas chances se perder o emprego ampliadas.

São Lourenço da Mata é a única cidade da Região Metropolitana que anunciou demissão. Todas as outras garantiram a manutenção dos empregos, a ainda distribuíram cestas básicas.

Bruno Pereira é o mesmo prefeito que garantiu no dia de ontem, 07 de abril, que não vai entregar cesta básica à população mais necessitada.

Além de tudo, Bruno é pego novamente na mentira, quando afirma que haverá queda no FPM(Fundo de Participação do Município), reconhece ser a principal fonte de recurso da prefeitura, mas simplesmente esquece que o Presidente da República anunciou que não haverá queda pois o Governo Federal irá repassar o FPM igual ao de 2019, não havendo percas para os municípios.

Vale lembrar que São Lourenço da Mata recebeu ontem a notícia de 3 mortes por Covid-19, e o blog mostrou que existe não nenhuma ação da prefeitura para conter aglomerações, que na tarde desta segunda-feira parecia dia normal no centro da cidade.

E ainda tem capacidade de divulgar esta foto rindo da cara do povo…

Segue abaixo texto que está circulando nos grupos de WhatsApp da cidade. Autor desconhecido:

“A população de São Lourenço passando dificuldades, passando fome, esse monstro de prefeito ainda acha pouco é demite vários pais de família como essas famílias vão sobreviver agora isso foi o dinheiro do peixe dos pais de família?

Um gesto sem coração comete mais uma malvadez com a população a manda seus assessores ficar na redes sociais atacando seus adiversarios político.

Será que realmente é um momento pra os assessores do prefeito ficar zombando de seus adiversarios? Até em mais uma malvadeza do prefeito seu aliado zomba da situação

Chegamos ao extremo!”