Prefeitura de Calumbi inicia construção da Casa do Idoso

By BlogFalaPE

Blog do Finfa

O Governo Municipal de Calumbi-PE, no Sertão do Pajeú, iniciou a construção da Casa do Idoso em Calumbi, onde vai beneficiar os idosos do município.

A Prefeita Sandra Magalhães confirmou que esta obra orçada em R$ 78 Mil, em parceria com o Banco Santander, e também a aquisição do novo veículo. “Em breve estaremos entregando esta casa, com toda infraestrutura para o bem estar dos nossos idoso do município”, disse a prefeita.

Prefeitura do Recife inicia distribuição de 100 mil máscaras para a população nesta sexta (26)

By BlogFalaPE

Ação tem o objetivo de reforçar os cuidados pessoais durante a nova etapa da pandemia, com a retomada de algumas atividades. Máscaras foram adquiridas junto à costureiras, MEIs e Microempresas do Recife

A partir desta sexta-feira (26), a Prefeitura do Recife inicia a distribuição de 100 mil máscaras de tecido para a proteção da população, nos mercados e feiras públicas, parques, na orla e ruas do centro da cidade. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (25), pelo prefeito Geraldo Julio. Junto com a distribuição de máscaras a, a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife, através do Programa Saúde em Todo Lugar, criou as Estações Itinerantes de Orientação para Covid-19, onde vão ser dadas informações para a população.

“Com as reaberturas que foram feitas, os cuidados individuais ganharam ainda mais importância. O uso da máscara, a higiene e a distância do outro são fundamentais. E para reforçar isso, nós estamos comprando máscaras feitas por costureiras para a distribuição junto à população. Mercados públicos, feiras, parques, orla e centro da cidade serão os pontos onde nós faremos essa distribuição. Nesse primeiro momento, serão distribuídas cem mil máscaras de tecido. Queríamos agradecer às costureiras, agradecer a todos que usam máscaras todos os dias e pedir aqueles que ainda não estão usando, que passem a usar para sua segurança e para proteger o outro”, disse o prefeito Geraldo Julio.

O material de proteção foi confeccionado por costureiras, Microempreendedores Individuais (MEIs) e Microempresas (MEs) da área de confecção contratados pela Prefeitura do Recife, através de edital divulgado em maio. A ação da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (STQE) com o Gabinete de Projetos Especiais (GABPE) contratou 148 costureiras e 14 pessoas jurídicas, que estão aptas a produzir as máscaras.

Segundo o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, as Estações Itinerantes de Orientação para Covid-19 vão oferecer à população orientação e divulgar os aplicativos Atende em Casa, que agora oferece teleacolhimento; Movimenta Recife e Dycovid, além da distribuição das máscaras. Os profissionais também vão dar orientação sobre os protocolos de convivência com a covid-19.

“O Programa Saúde em Todo Lugar, da Prefeitura do Recife, vai iniciar operação das Estações Itinerantes de Orientação para Covid-19, a partir da próxima segunda-feira, em mercados, feiras e ruas do centro da cidade. Nelas, teremos profissionais de saúde e de outras áreas da Prefeitura fazendo várias orientações para a população, todos eles importantes no enfrentamento da covid-19. Também daremos dicas de como cuidar do corpo e da mente nos tempos de pandemia”, explicou o secretário.

Jaboatão: Vereador Márcio do Curado monta chapa competitiva para eleição

By BlogFalaPE

Líder da oposição ao prefeito Anderson Ferreira na Câmara de Vereadores e presidente do PSD em Jaboatão dos Guararapes, Márcio do Curado se destacou na montagem da chapa proporcional para as eleições 2020.

Na eleição do Conselho Tutelar, Márcio já mostrava indícios da sua articulação política, sendo o vereador que mais elegeu conselheiro. Montou uma chapa competitiva no PSD e existe a expectativa de eleger até 3 vereadores no município.

A preparação de Márcio extende-se aos trabalhos realizados nos Curados, ele vem sendo o principal incentivador da chapa proporcional do partido e pode surpreender nestas eleições.

Projeto apresentado por 46 parlamentares defende Auxílio Emergencial até dezembro

By BlogFalaPE

Foto: Rodolfo Loepert

O autor do PL 3503/2020, João Campos (PSB-PE), em conjunto com 45 coautores, construiu a proposta que conta com o apoio de 160 organizações da sociedade civil

O deputado federal João Campos (PSB-PE) acaba de protocolar nesta quinta-feira o Projeto de Lei 3503/2020, cujo objetivo central é estender o Auxílio Emergencial até o final do ano, mantendo o valor integral de R$ 600,00 e realizando uma série de correções na lei que instituiu o benefício (seguem abaixo). Junto a ele, 45 parlamentares de 9 partidos também assinaram o PL como coautores. A articulação com a campanha Renda Básica que Queremos foi feita em parceria com Tabata Amaral (PDT-SP) e contou com o apoio técnico da Rede Brasileira de Renda Básica, Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos), Leandro Ferreira, Mônica de Bolle, Tatiana Roque, Eduardo Suplicy e Débora Freire.

“Para 2020, essa é a solução temporária e que cabe no planejamento do governo porque se insere no Orçamento de Guerra, atendendo ao período atípico da pandemia causada pelo novo coronavírus. De forma permanente, vamos traçar as discussões sobre a Renda Básica na Frente Parlamentar Mista da Renda Básica, da qual estou na articulação da criação”, afirmou o deputado João Campos.

Além de todo o apoio supracitado, é importante destacar que a campanha da Renda Básica engloba 160 organizações da sociedade civil que apoiam o PL apresentado hoje. De forma geral, todos os envolvidos defendem como essencial a atuação célere para correção de problemas identificados na operação do Auxílio e conseguinte prorrogação do pagamento das parcelas até dezembro. “Nossa atuação rápida evitará que milhões de pessoas entrem na miséria ao longo dos próximos meses e dará tempo para que elas se reintegrem ao mercado de trabalho”, enfatiza João.

Abaixo, seguem os principais pontos do PL 3503/2020:

1 – Prorroga o Auxílio Emergencial até dezembro sem redução do valor;

2 – Retira a limitação do Imposto de Renda de 2018, já que a situação socioeconômica da pessoa em 2018 não deve ser tomada como igual à sua situação de agora;

3 – Corrige a implementação do Auxílio, possibilitando seu recebimento pelas pessoas que cumprem todos os critérios da legislação, mas que tiveram o Auxílio negado por problemas operacionais;

4 – Estabelece prazo de 10 dias corridos para o Governo Federal analisar os requerimentos do Auxílio Emergencial;

5 – Define que, após a vigência do Auxílio, os beneficiários do Bolsa Família retornarão automaticamente a este programa;

6 – Fixa o Auxílio como rendimento não-tributável para o Imposto de Renda de 2020;

7 – Estabelece que o Governo Federal aceitará as informações declaradas nos recursos feitos em caso de indeferimento, quando não tiver bases de dados atualizadas para examinar adequadamente a situação do requerente;

8 – esclarece que o recebimento do Auxílio não impede a inscrição futura em benefícios previdenciários ou assistenciais.

Prefeitura do Ipojuca recebeu ambulância nova mas deixou guardada

By BlogFalaPE

Faz mais de 3 meses que a Prefeitura de Ipojuca recebeu uma ambulância em perfeitas condições de uso para o município. Segundo denúncias populares, essa ambulância estava guardada na Secretaria de Saúde e agora foi levada para o estacionamento do complexo.

Em tempos de pandemia e com maior necessidade de utilização de equipamentos públicos na área da saúde, a população de Ipojuca questiona a prefeita Célia Sales, por qual motivo a ambulância não está atendendo à população?

O grande apelo da população é que se essa ambulância chegou no município, por que não colocar à disposição do povo?

Com a palavra, a prefeita Célia Sales…

Prefeitura de Toritama inova com viatura que identifica carros roubados e criminosos procurados

By BlogFalaPE

Sistema não tem o objetivo de registrar infrações de trânsito

Uma das novas viaturas que foram entregues ao Município de Toritama foi equipada com um equipamento de ponta que tem a capacidade de identificar veículos roubados ou furtados e reconhecer criminosos procurados pela Polícia.

Nos primeiros dias em teste, pelas ruas de Toritama, o equipamento fez a leitura analítica de 837 veículos. De acordo com a CTTU, o veículo será usado intensamente na Feira do Jeans de Toritama, quando for reaberta, com o objetivo de identificar criminosos procurados pela polícia, inclusive estelionatários.

Toritama é a primeira cidade do Estado a instalar esse equipamento. Ele estará em fase de testes por 30 dias e poderá ser de uso permanente, fornecido pelo Conseg – Consórcio de Segurança. Vai apoiar os serviços efetivos da Guarda Civil Municipal e da Companhia de Trânsito e Transportes Urbanos de Toritama, oferecendo mais um equipamento de segurança pública a população de Toritama.

Ascom Prefeitura de Toritama

Timbaúba: Justiça obriga prefeito a distribuir medicação gratuida para pacientes da Covid-19

By BlogFalaPE

O Prefeito de Timbaúba, Ulisses Felinto, terá que fornecer gratuitamente toda a medicação necessária ao tratamento da pandemia da COVID-19, aos pacientes clinicamente suspeitos ou confirmados por médico no atendimento do município. A decisão veio por meio da 2ª Vara de Justiça, Dr Danilo Félix Azevedo, ajuizada pelo Ministério Público de Pernambuco.

O descumprimento da decisão judicial, por parte do município, acarretará aplicação de multa, sem prejuízos de sanções criminais.

O prefeito Ulisses tem um prazo de até 10 dias, contados a partir da intimação, com multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), imposta ao município, sem prejuízo de outras cominações legais.

A população enxerga a aplicação da justiça para cumprir o direito básico do cidadão, como uma falta de responsabilidade e compromisso do atual gestor para com a saúde pública do município.

Juntas promovem ação virtual pelo Dia do Cavalo Marinho – 29 de junho

By BlogFalaPE

A live terá a participação de mestras e mestres como Moca Salu, matriarca da Família Salustiano e tem o objetivo de celebrar e resgatar a memória do estado.

As codeputadas Juntas (PSOL-PE) vão realizar, dia 29 de junho, uma live em homenagem e comemoração ao Dia Estadual do Brinquedo Cavalo Marinho, data instituída em Lei de autoria das parlamentares (O artigo 180-A da lei 16.241/17). O evento vai ser às 19h, no canal das deputadas no YouTube.

Essa é a primeira comemoração oficial da data, desde que foi aprovado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e que virou lei em março deste ano. O evento online terá a presença dos mais representativos grupos do Estado: Mestra Nice Teles (Estrela Brilhante e Estrelas do Amanhã), Mestra Moca Salu (Flor de Manjerona), Folgazã Andala Quituche (Boi Pintado), Mestre Biu Alexandre (Estrela de Ouro), Mestre Grimário (Boi Pintado), Ademilton Barros (Boi Maneiro) e Helder Vasconcelos (Boi Marinho e um dos fundadores do grupo Mestre Ambrósio).

As parlamentares acreditam que essa é uma oportunidade para valorizar a cultura e a história de Pernambuco, além de proteger a tradição popular. Este ano, a brincadeira não vai poder ser ao ar livre, por causa da pandemia do Covid-19, por isso, a tecnologia veio como uma aliada e vai ajudar neste momento, levando o Cavalo Marinho ao alcance de pessoas de todo o país.

A programação é voltada às atividades de fortalecimento dessa forma de expressão, que é tradicional entre as trabalhadoras e trabalhadores rurais da região da Zona da Mata Norte do estado. As Juntas pretendem trazer a representação do real e imaginário do Cavalo Marinho, através de música, depoimentos e arte.

Cavalo Marinho

O PL das deputadas Juntas alterou a Lei nº 16.241/2017, incluindo o Dia do Cavalo Marinho no Calendário Oficial de Eventos e Datas Comemorativas do Estado. O motivo da escolha do dia 29 de junho é por ser a data que marca o início dos ensaios e as apresentações abertas para o festejo oficial do Cavalo Marinho, no natal.

Em 2014, o Cavalo Marinho foi reconhecido como Patrimônio Imaterial Brasileiro. A brincadeira acontece com personagens mascarados, diferentes tipos de danças e repertório musical. Um louvor ao Divino Santo Rei do Oriente, momentos de culto à Jurema Sagrada e a presença de animais ou bichos, como o Cavalo e o Boi. Antigamente, o festejo era praticado nos engenhos e usinas de açúcar, com suas raízes consolidadas nas senzalas como cultura produzida pelos negros e negras escravizadas e sequestradas da África, sendo um “teatro-memória” com crítica social.

Sobre as mestras e os mestres que participarão do bate-papo com as codeputadas:

Andala Quituche: Licenciada em Letras pela UPE, Andala é presidenta e folgazã do Cavalo Marinho Boi Pintado e também conselheira titular do Conselho Estadual de Política Cultural e membro da Rede Afrocentradas. Além disso, é atriz e escritora.

Moca Salu: É considerada a matriarca da Família Salustiano e desde a infância vive em meio aos folguedos populares. Ainda criança, com seis anos, Moca entrou para o Maracatu Piaba de Ouro como baiana, aos 10, brincou pela primeira vez como pastorinha no Cavalo Marinho e, com apenas 14 anos, assumiu um importante papel no Maracatu, o de Dama do Paço, posição que ocupa até os dias de hoje. Pode-se dizer que foi Moca quem plantou a semente do Flor de Manjerona. No final dos anos 90, com muita insistência, Moca Salu convenceu seu pai a deixá-la colocar a figura do Vaqueiro, um dos personagem mais complexos e o favorito de Mestre Salustiano.

Nice Teles: É mestra do Cavalo Marinho Estrela Brilhante e do Cavalo Marinho Estrelas do Amanhã. Nice também está à frente do Maracatu de Baque Solto Estrela de Ouro de Condado, tradições culturais da Mata Norte de Pernambuco. Além disso, ela é artista, educadora, animadora comunitária e promotora das artes tradicionais.

Biu Alexandre: Severino Alexandre da Silva, mais conhecido como Mestre Biu Alexandre, começou a brincar o Cavalo Marinho aos 13 anos com Mestre Duda Bilau, cantando no banco. Depois disso, passou a ser figureiro e, logo em seguida, na cidade de Goiana, passou a brincar com o Mestre Preá, mestrando a brincadeira, além do Cavalo Marinho do Mestre Batista, em Aliança. Em 1978, Mestre Biu Alexandre brincou com o Mestre Inácio Lucindo, como galante e figureiro. No ano seguinte, em 1979, fundou o próprio Cavalo Marinho, o Estrela de ouro, que, desde sua fundação até os dias atuais, têm toda sua família envolvida, contribuindo com o ensino e aprendizado que a brincadeira passa para as novas gerações de brincantes. Em 2017, Mestre Biu Alexandre foi agraciado com o prêmio Ariano Suassuna através de edital público da Secretaria de Cultura de Pernambuco.

Mestre Grimário: é o atual presidente do Conselho de Cultura de Aliança. Iniciou nas tradições culturais da Zona da Mata de Pernambuco aos oito anos, brincando como daminha no Cavalo Marinho do Mestre Batista e, posteriormente, como caboclo de lança do Maracatu Estrela de Ouro de Aliança. Em 1993, Ele fundou seu próprio brinquedo, o Cavalo Marinho Boi Pintado e, em 1996, seu próprio Boi de Carnaval: Boi Pintado e o Forró do Matulão. Além de ser Mestre de Cultura Popular, Mestre Grimário é artesão. Em 2018, ganhou dois prêmios de cultura, o Selma do Coco Prêmio de Culturas Populares pelo MINC e o Mestres e Mestras do Cavalo Marinho pelo IPHAN. Atualmente, Grimário é o Mestre Caboclo do Maracatu Piaba de Ouro de Olinda, onde brinca há mais de 20 anos.

Helder Vasconcelos: É fundador e coordenador do grupo Boi Marinho, que participa do Carnaval pernambucano e desenvolve um trabalho de formação, por meio de oficinas, desde 1998. Ele credita sua formação ao aprendizado não acadêmico das brincadeiras de Cavalo Marinho e Maracatu Rural. Helder também é músico, ator, dançarino e um dos formadores do grupo musical Mestre Ambrósio, com quem trabalhou de 1992 a 2003. Em carreira solo, criou os espetáculos “Espiral Brinquedo Meu”, “Por Si Só” e “Eu Sou“. No cinema, atuou nos longas “Baile Perfumado”, “O Homem que Desafio o Diabo” e “A Luneta do Tempo” e “Entre Irmãs”.

Ademilton Barros: Brincante, pai, ator de rua, dançarino, rabequeiro e professor. Ademilton tem vivência na cultura popular desde berço, mergulhado na tradição do Cavalo Marinho há mais de 13 anos. Atualmente, ele é contra mestre, figureiro e um dos organizadores do Cavalo Marinho Boi Maneiro de Itambé/PE.

Bate-papo via live das Juntas com mestres e mestras do Cavalo Marinho

Data: 29/06/20202

Horário: 19h

Onde assistir: Canal das Juntas no YouTube – Juntas Codeputadas

O que a bancada do Novo pensa sobre o adiamento das eleições

By BlogFalaPE

No debate sobre a data das eleições municipais na Câmara, deputados do Novo defendem que nem sequer seja cogitada a prorrogação de mandatos.

“É fundamental que as eleições sejam mantidas em 2020 e que não seja criada brecha alguma para a prorrogação de mandatos”, disse Paulo Ganime, líder da bancada, a O Antagonista.

Ganime afirmou que não é contrário a adiar o pleito, como decidiu o Senado, desde que “nenhuma medida nociva à sociedade seja empurrada junto com a mudança da data”.

“Exemplo disso seria a ampliação do horário eleitoral gratuito, que de gratuito não tem nada: é pago por todos nós via isenção fiscal.”

Marcel van Hattem disse: “Sou contra prorrogar mandatos. Sobre adiamento, depende: ainda não sei avaliar se seria necessário”.

O deputado Tiago Mitraud considera “razoável” o adiamento para novembro, conforme previsto na PEC aprovada no Senado.

“Acho razoável, dado que provavelmente em meados de agosto, no início da campanha, ainda não teremos vencido a Covid-19. Mas, em hipótese alguma, devemos prorrogar mandatos.”

Mitraud acrescentou com um alerta:

“Temos que tomar cuidado para não usarem o adiamento como subterfúgio para propostas que aumentem o poder dos partidos e o custo das eleições.”

Como noticiamos, o Centrão se uniu na Câmara para barrar a PEC do adiamento das eleições e manter o pleito em outubro.

O Antagonista

Ministro de Bolsonaro anuncia novas parcelas do auxílio emergencial de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, mas apaga publicação

By BlogFalaPE

O ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, afirmou que a extensão do auxílio emergencial por três meses terá parcela de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, valores que superam os que vinham sendo discutidos publicamente até então.

A informação foi publicada pelo ministro em uma rede social, mas ela foi apagada pouco depois. A pasta comandada por ele disse que a publicação está incorreta e que o assunto ainda está em discussão no governo.

“O governo vai pagar três parcelas adicionais (de R$ 500, R$ 400 e R$ 300) do auxílio emergencial. A proposta faria o benefício chegar neste ano a pelo menos R$ 229,5 bilhões. Isso é 53% de toda a transferência de renda já feita no programa Bolsa Família desde o seu início, em 2004”, escreveu Ramos, no início da manhã desta quinta-feira (25).

A prorrogação do auxílio emergencial, que hoje é de R$ 600, tem sido discutida internamente no governo. O tema deve ser novamente debatido nesta quinta em reunião de Bolsonaro com os ministros Braga Netto (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Cidadania), além dos presidentes do Banco Central, Roberto Campos Neto e da Caixa, Pedro Guimarães.

Guedes vinha trabalhando por valores inferiores aos divulgados nesta quinta por Ramos. Em 9 de junho, ele disse que o Executivo planejava pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial, no valor de R$ 300 cada uma.

O próprio presidente Bolsonaro chegou a defender, poucos dias depois, o valor, e disse que vetaria qualquer ação do Legislativo para aumentá-los. “Na Câmara por exemplo, vamos supor que chegue uma proposta de duas [parcelas extras] de R$ 300. Se a Câmara quiser passar para R$ 400, R$ 500, ou voltar para R$ 600, qual vai ser a decisão minha? Para que o Brasil não quebre? Se pagar mais duas de R$ 600, vamos ter uma dívida cada vez mais impagável. É o veto”, afirmou Bolsonaro em uma live no dia 11 de junho.

Folha de Pernambuco