Governo de Pernambuco firma parceria com Instituto Êxito para beneficiar empreendedores pernambucanos

By BlogFalaPE No Comments

Foto: Hélia Scheppa

Com o objetivo de contribuir ainda mais para o estímulo ao empreendedorismo em Pernambuco, o governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (27.02), um acordo com o Instituto Latino Americano de Empreendedorismo, Inovação e Desenvolvimento Sustentável (Instituto Êxito). A parceria visa disponibilizar, de forma gratuita, conteúdos digitais através da plataforma da instituição, a exemplo de palestras ao vivo e cursos online, contribuindo com a qualificação profissional de trabalhadores e empreendedores do Estado.

“Estamos sempre buscando alternativas que nos ajudem a gerar mais oportunidades para os pernambucanos. E apostamos no reforço do empreendedorismo no nosso Estado, seja através do Crédito Popular ou da qualificação profissional”, afirmou Paulo câmara. A parceria vai beneficiar, especialmente, os profissionais que passarem pelo Qualifica PE, programa que abriga vários cursos voltados para o desenvolvimento do trabalhador.

A iniciativa irá disponibilizar, em sua plataforma digital, cursos de desenvolvimento pessoal, técnicas de empreendedorismo, interação com empresários reconhecidos no mercado, mentorias e salas virtuais. A parceria permitirá ainda a realização de “consultorias” gratuitas online, dentro da disponibilidade de atendimento da equipe do Instituto.

Outro benefício do acordo é abrir portas para os trabalhadores cadastrados nos desafios e concursos realizados pelo Instituto Êxito, sem ônus financeiro na inscrição. Os profissionais que tiverem interesse poderão realizar o cadastro acessando o site http://www.institutoexito.com.br. Estiveram presentes à cerimônia de assinatura o secretário estadual de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, e o presidente do Instituto Êxito, Janguiê Diniz.

Prefeito Geraldo Julio monitora as ações da PCR relacionadas ao coronavírus

By BlogFalaPE No Comments

Foto: Andrea Rego Barros

O prefeito Geraldo Julio iniciou a manhã desta quinta-feira (27) com uma reunião de monitoramento das ações que a Prefeitura do Recife vem desenvolvendo relacionadas ao novo coronavírus, desde o mês de janeiro. No momento, três pacientes com suspeita de coronavírus estão internados na cidade – dois no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) e um em hospital privado. O Brasil teve o primeiro caso confirmado da doença Covid 19, fruto da infecção pelo novo coronavírus, nessa quarta (26).

O prefeito convocou para o monitoramento o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, o secretário de Governo e Participação Social, João Guilherme Ferraz, a diretora-executiva de Vigilância à Saúde, Joanna Freire, a diretora-executiva de Regulação, Média e Alta Complexidade, Eliane Germano, e o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Metropolitano do Recife, Leonardo Gomes.

Em janeiro e fevereiro, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) capacitou profissionais da Atenção Básica, Média e Alta Complexidade e do Samu 192, agentes redutores de danos, além dos núcleos de epidemiologia das unidades de saúde municipais e privadas, dando orientações sobre as características do coronavírus e dos sinais, sintomas e tratamento da Covid 19; como identificar casos suspeitos, como deve ser o fluxo de notificação, como conduzir os pacientes que venham a procurar as unidades municipais com sintomas de infecção por coronavírus, como evitar a transmissão do coronavírus e outros vírus, entre outras orientações. Os treinamentos alcançaram mais de 2.500 profissionais.

Na semana anterior ao carnaval, a Sesau também capacitou profissionais da Secretaria de Turismo Esportes e Lazer do Recife (Seturel), representantes do trade turístico, do Sindicato dos Taxistas e motoristas de aplicativos sobre o novo coronavírus, para deixar os profissionais de turismo aptos a dar as primeiras orientações aos visitantes sobre o novo vírus.

De acordo com o prefeito Geraldo Julio, a Prefeitura do Recife preparou a rede municipal de saúde para identificar os casos suspeitos da doença Covid 19 e para lidar com ela. “O Recife começou a se preparar para o novo coronavírus ainda em janeiro. Os casos suspeitos estão sendo monitorados”, garantiu o gestor municipal.

O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, falou da importância de a população entender o que é um caso suspeito para não se desesperar sem necessidade, já que os sintomas da Covid 19 são muito parecidos com os das síndromes gripais. “Mais de 80% dos casos são leves e há letalidade em aproximadamente 2,5% dos casos, normalmente em pessoas idosas ou que já tenham outras doenças. A transmissibilidade do sarampo, por exemplo, é nove vezes maior que a da Covid 19”, explicou dr Jailson, que também é infectologista.

São considerados casos suspeitos de coronavírus pessoas com febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, entre outros) e histórico de viagem para área com transmissão da doença nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas. Também são considerados suspeitos quem tem febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório e histórico de contato próximo com caso suspeito de contaminação por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas, assim como quem tem febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório e contato próximo a caso confirmado de infecção por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

O secretário reforçou que os pacientes que se enquadrarem nesses casos devem procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e unidades de saúde municipais, como as policlínoicas, assim como os hospitais privados, no caso de quem tiver plano de saúde. Jailson Correia também destacou que não há necessidade de acionar o Samu quando os sintomas forem leves.

» Saiba como identificar um caso suspeito de contaminação pelo novo coronavírus

Situação 1: Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse e/ou dificuldade para respirar, por exemplo) E histórico de viagem para área com transmissão local do novo coronavírus* nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;

Situação 2: Febre E pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse e/ou dificuldade para respirar, entre outros) E histórico de contato próximo com caso suspeito de contaminação por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;

Situação 3: Febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse e/ou dificuldade para respirar, por exemplo) E contato próximo de caso confirmado de infecção por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;

Atenção! A lista de lugares com transmissão local do coronavírus é frequentemente atualizada pelo Ministério da Saúde.

» Histórico das ações da Secretaria de Saúde do Recife relacionadas ao coronavírus

28/01 – Reunião interna da Sesau Recife sobre coronavírus

30/01 – Sesau Recife participou da reunião promovida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), junto com profissionais da Anvisa, Cosems, Lacen, Fiocruz, Sindhospe, Sociedade Brasileira de Infectologia e representantes de hospitais públicos e privados. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde (MS) e da OMS, foram alinhados o protocolo e o fluxo de atendimento nas unidades de saúde do Estado.

31/01 – Foi feita uma capacitação com mais de 60 profissionais da Vigilância Epidemiológica do Recife e com os núcleos de epidemiologia das unidades de saúde municipais e privadas.

04/02 – Intesificação da capacitação e orientações para mais de 60 profissionais da Atenção Básica, Média e Alta Complexidade e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ligados à Secretaria de Saúde do Recife, na sede da Diretoria Executiva de Vigilância à Saúde (DEVS), em Santo Amaro.

13 a 17/02 – Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) começaram a receber atualizações sobre o novo coronavírus, juntos às orientações para o carnaval. O treinamento, dividido em seis turmas, também se estendeu a profissionais do Corpo de Bombeiros, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e trabalhadores aeroportuários, totalizando cerca de 250 participantes, que repassarão o conteúdo para os demais colegas de trabalho.

18/02 a 20/02 – A Secretaria de Saúde do Recife também capacitou cerca de 50 profissionais da Secretaria Municipal de Turismo, Lazer e Esportes (Seturel) do Recife, representantes do trade turístico, do Sindicato dos Taxistas de Pernambuco e de motoristas de aplicativos como 99 Pop e Uber, para que eles repassem para os demais profissionais. Somente o Sindicato dos Taxistas tem cerca de seis mil motoristas cadastrados.

25/02 – Acionamento do plano de contingência elaborado pela Sesau Recife a partir da chegada da caruaruense de 51 anos com suspeita de infecção por coronavírus ao Aeroporto Internacinal do Recife. O Samu Metropolitano do Recife fez o transporte da paciente para o Huoc, e a Vigilância Epidemiológica do município começou a apoiar a Anvisa e a Secretaria de Saúde do Estado no monitoramento dos passageiros que tiveram contato com o caso suspeito.

Duas apostas acertam seis dezenas da Mega e dividem R$ 200 milhões

By BlogFalaPE No Comments
Da Agência Brasil

Duas apostas acertaram as seis dezenas do Concurso 2.237 da Mega-Sena e vão dividir um prêmio de R$ 200 milhões. É a primeira vez que a Mega tem um vencedor em 2020. Um dos acertadores fez a aposta em Rio Branco (AC) e o outro em Fortaleza (CE).

Os números sorteados foram 11, 20, 27, 28, 53 e 60. A quina teve 263 apostas ganhadoras e cada uma vai receber R$ 44.509,85. A quadra 15.054 teve ganhadores, sendo que cada aposta receberá R$ 1.110,86.

O próximo concurso será sorteado no sábado (29), com um prêmio estimado de R$ 3 milhões.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Edição: Fábio Massalli

Covid-19: produtos podem ser apreendidos para evitar desabastecimento

By BlogFalaPE No Comments
O  secretário-executivo do  Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, divulga dados atualizados sobre a situação do novo Coronavírus no país.
Da Agência Brasil

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, disse hoje (27) que a rede pública de saúde tem começado a enfrentar a escassez de itens de segurança e prevenção contra o coronavírus. O ministério tem uma lista de 20 itens e quatro deles estão começando a faltar no Sistema Único de Saúde (SUS). Gabbardo afirmou que, se necessário, usará meios jurídicos para apreender esses produtos para evitar o desabastecimento no mercado interno.

Já está marcada uma reunião entre representantes do ministério e a Associação Brasileira das Indústrias de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO). Segundo Gabbardo, a ideia é explicar as necessidades urgentes de uso de máscaras e aventais, por exemplo, e que as empresas precisararão priorizar a venda de tais itens para o ministério, em detrimento de sua exportação.

“Vamos alertar a essa entidade que não vamos contemporizar em relação a isso. Vamos usar todas as medidas que a legislação nos permite. Se for necessário, vamos impedir a exportação desses produtos e se for necessário vamos solicitar a apreensão desses produtos na própria fábrica”, disse. O tipo de compra da qual o secretário fala, no caso das máscaras, é de cerca de 20 milhões de unidades e 4 milhões de máscaras modelo N95.

Segundo Gabbardo, empresas desistiram de uma licitação com o governo e venderam toda sua produção para outros países. “Algumas empresas que participaram da licitação, na hora de encaminhar os documentos para fazer o contrato, não encaminharam os documentos e se mostraram desinteressadas em vender para o Ministério da Saúde. Isso é uma coisa que nos preocupa muito”.

Gabbardo esclareceu que tomará medidas judiciais mais drásticas em último caso, mas acredita em um consenso e falou em “obrigação social” dessas empresas. “Esses fornecedores têm uma obrigação social também. E se ele vende um determinado produto que tem essa utilização, ele sabe que esse produto é fundamental. Temos convicção de que vamos chegar num denominador comum”, disse.

O Brasil tem um caso confirmado de coronavírus e 132 casos suspeitos, com expectativa de que esse número aumente para aproximadamente 300 casos. Dentre os 132 casos já suspeitos contabilizados, 70 são na Região Sudeste, dez na Região Centro-Oeste, 37 na Região Sul, 15 na Região Nordeste e nenhum caso suspeito na Região Norte.

Edição: Fábio Massalli

Número de casos suspeitos do Coronavírus no Brasil é de 132

By BlogFalaPE No Comments
Da Agência Brasil

Após cerca de 24 horas da confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil, o número de pessoas oficialmente tratadas como suspeitas de ter o vírus no país é de 132, segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo. Na última sexta-feira (21), era apenas um caso.

O Ministério da Saúde recebeu as notificações dos estados até a tarde de hoje (27), mas não analisou todos.  “Esse número não é definitivo. É muito maior que 132. Ficamos com 213 notificações ainda não analisadas. Elas podem ser todas consideradas suspeitas ou apenas uma parte, mas dá para a gente avaliar que, na verdade, temos perto de 300 casos suspeitos”, disse Gabbardo.

Segundo o secretário, esse aumento se explica em virtude do aumento do número de países com fluxo migratório intenso com o Brasil, e que têm pessoas com o vírus. Um exemplo é o primeiro caso confirmado no Brasil. O homem de 61 anos não esteve na China, que concentra a maioria dos casos no mundo, e sim na Itália. Após a confirmação desse caso, pessoas com histórico de viagem à Itália, à França e à Alemanha e que apresentem febre somada a um sintoma respiratório também são tratadas como suspeitas de ter o coronavírus.

Critérios

O ministério tem usado como critérios de determinação de casos suspeitos: ter viajado para um dos 16 países da Ásia, Europa e Oriente Médio com casos da doença; não ter viajado, mas ter tido contato com esses viajantes ou ter tido contato com o caso confirmado no Brasil. Em todas as hipóteses, a pessoa é considerada como um caso suspeito se apresentar febre somada a um sintoma respiratório.

Os 16 países considerados na definição de casos suspeitos são: Austrália, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Filipinas, Japão, Malásia, Vietnã, Singapura, Tailândia, Itália, Alemanha, França, Irã e Emirados Árabes Unidos.

O secretário-executivo do ministério reforçou ainda a importância das medidas de prevenção para reduzir os riscos de contaminação da doença. A lavagem constante das mãos e evitar levá-las ao rosto e, principalmente, à boca; o uso de álcool em gel para esterilização das mãos e o não compartilhamento de utensílios de uso pessoal, como talheres, copos e travesseiros, entre outros.

Bolsonaro

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro disse que pode ser que ele cancele a viagem que faria à Itália devido ao surto de coronavírus no país europeu.

“Infelizmente, é mais uma realidade ruim que vai ter que ser enfrentada. Já estamos enfrentando, fazendo o possível”, disse o presidente.

Edição: Fábio Massalli

Eduardo da Fonte destina R$ 300 mil para o Hospital Getúlio Vargas

By BlogFalaPE No Comments

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP/PE), destinou, através de emenda parlamentar, R$ 300 mil para o Hospital Getúlio Vargas, referência em Pernambuco na área de ortopedia.

Esse valor servirá para a aquisição de novos equipamentos hospitalares, o que beneficiará os pacientes nos atendimentos. A unidade de saúde realiza cerca de 2.700 atendimentos na emergência e 20 mil no ambulatório todos os meses.

O deputado Eduardo da Fonte, destaca a importância dessa emenda, “com esse recurso o Getúlio Vargas pode renovar seus equipamentos, adquirir aparelhos mais modernos e prestar um melhor atendimento aos seus pacientes”.

Fernando Monteiro prestigia Carnaval do interior de Pernambuco

By BlogFalaPE No Comments

Carnaval em Bezerros

Durante todo o festejo de Momo, o deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) vestiu literalmente a camisa do Carnaval do interior de Pernambuco, onde fez questão de se fazer presente em celebração ao que ele chama de “Carnaval raiz”. Por onde passou, o parlamentar deixou sua marca comparecendo com camisa destacando os nomes de todos os municípios do Estado.

Numa verdadeira maratona carnavalesca, o deputado federal passou por cidades como Bezerros, onde prestigiou a tradicional folia dos papangus, junto ao governador Paulo Câmara e ao secretário de Turismo e Lazer do Estado, Rodrigo Novaes. Blocos de Buíque e Cachoeirinha, também no Agreste, e de Jaqueira, Ribeirão e Primavera, na Mata Sul, também estiveram na rota da folia. “O Carnaval de Pernambuco é o melhor do Brasil. Faço questão de prestar minha homenagem à tradição do Interior. Visto esta camisa com muito orgulho”, afirmou Fernando Monteiro.

Antes, em Recife, o deputado acompanhou o tradicional Bloco Gota D’água, da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), com a presidente do órgão, Manuela Marinho e a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista, entre outros políticos e autoridades. O Galo da Madrugada e as ladeiras de Olinda também não ficaram de fora do roteiro.

Nota da prefeitura de Camaragibe

By BlogFalaPE No Comments

A Prefeitura Municipal de Camaragibe informa a todos que, em relação ao Coronavírus, não há no município nenhum caso suspeito da doença. Entretanto, as equipes multidisciplinares da Secretaria de Saúde já estão devidamente preparadas com base nos protocolos do Ministério da Saúde para o caso de qualquer surgimento de suspeita do vírus.

Ressaltamos que não é necessário pânico! Apenas entrarão em caso de suspeita pessoas que viajaram para os países onde já existem a notificação do vírus ou que tiveram contato com alguém proveniente desses países nos últimos 14 dias e tenham apresentado sintomas como febre, tosse e dificuldade de respirar. É importante, porém, que as recomendações abaixo sejam seguidas para prevenção do vírus:

• Cobrir a boca e o nariz sempre que espirrar;
• Lavar sempre as mãos com água e sabão;
• Evitar aglomerações de pessoas;
• Evitar tocar olhos, nariz e boca;
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como escovas de dente;
• Utilizar lenços descartáveis;
• Sempre que possível utilizar álcool em gel 70%.

Em qualquer caso de aparecimento de sintomas e histórico de viagens para os países onde já foram identificados a circulação do vírus, pedimos que procurem o Hospital Aristeu Chaves ou o CEMC Vera Cruz para que o protocolo seja realizado.

Camaragibe na luta contra o Coronavírus.

Prefeitura de Camaragibe
Hora de trabalhar e cuidar das pessoas

Carnaval descentralizado de Camaragibe é sucesso de público e crítica

By BlogFalaPE No Comments
Fotos: Aline Sales e Victor Patrício

O Carnaval de Todas as Tradições foi um sucesso e público e crítica. O camaragibense e os turistas foram às ruas e desfilaram toda a sua alegria e irreverência, brincando com muita paz na festa organizada pela Prefeitura de Camaragibe em parceria com a Federação das Agremiações Carnavalescas de Camaragibe (FACC) e o bloco Amante das Flores. A folia também contou com o apoio do Governo de Pernambuco, por meio da Fundarpe e das polícias militar e civil.

Em 2020, a prefeitura descentralizou a festa, promovendo um Carnaval econômico e levando a folia a todos os recantos de Camaragibe, mesclando a farra de rua dos blocos tradicionais com shows e apresentações culturais no palco montado na Vila da Fábrica, em frente à Fundação de Cultura.

“Camaragibe deu um verdadeiro show nesse Carnaval! Nosso povo foi às e curtiu muito a folia. Respeitando as tradições de cada localidade, nós optamos por descentralizar a festa de modo que toda a cidade tivesse focos de folia; um modelo que o camaragibense aprovou. Fui às ruas todos os dias e pude sentir essa animação. Toda a minha reverência ao povo da minha cidade, que, assim como eu, ama o Carnaval!”, destacou a prefeita Doutora Nadegi, sempre muito saudada por onde andou.

Passaram por Camaragibe artistas como Jorge Riba, Lucinha Guerra, Quinteto Violado, Zeca do Rolete, Beto Hortis, Cnegão, Seu Malaquias, Coco de Mulheres e Coco Raízes e Arcoverde. Para a criançada, ficou reservada a terça-feira gorda em uma matinê com pintura de rosto, brinquedos, desfile de fantasias, pipoca, picolé, algodão doce e show da atração infantil Pochyua.

Dentre as principais agremiações que desfilaram durante os seis dias de festa, estavam, além do Amante das Flores, que tem à frente Dona Palmira, uma referência da cultura da cidade, o Maracatu Cambinda Dourada, o Caboclinhos Sete Flexas, Urso Mimoso, Boi Camará, Boi Rubro-negro e Boi do Dedê, entre outros. Também tomaram as ruas de Camaragibe blocos como O Corujão, A Chave, A Barca Furada, o Ptsão, As Cachorras do Timbi, O Pato em Folia, Boneca do Boy, Chap Folia, Ceasinha em Folia e O Muro em Folia, entre outros.

De acordo com balanço da Fundação de Cultura, também foram atendidas solicitações diversas entre carros de som, orquestras, utilização de solo, guardas municipais, trânsito, limpeza urbana e saúde. “Primeira vez que venho brincar Carnaval na minha terra. Trouxe minha filha para a matinê e adorei! Estava todo mundo falando o quanto estava bom por aqui; por isso decidi vir. Com certeza, vou voltar em outros anos”, disse a foliã Perla Almeida, que, apesar de ser camaragibense, nunca havia brincado o Carnaval na cidade antes.

SEGURANÇA – Dados da Central de Operações Integradas de Segurança (COI) da prefeitura mostraram que foram registradas 21 ocorrências válidas da Brigada de Trânsito (nove), Brigada Ambiental (quatro), 190 (cinco), Patrimonial (uma) e duas de trotes.

Este ano, o Carnaval de Camaragibe foi todo monitorado por câmeras da Central de Operações da Guarda Civil, em parceria com o bloco O Corujão, que cedeu as imagens das câmeras da IgNet. Além disso, a Central de Operações também contou com imagens da PE-027, cedidas pelo Fórum Socioambiental de Aldeia/Projeto De Olho em Aldeia, em parceria com a BBG Telecom. Todas esta ação fez parte do Carnaval Seguro e foram compartilhadas com a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros pelo número 153.