Paulista bate meta de imunização dos profissionais da linha de frente e idosos abrigados

A primeira etapa começou na última quarta-feira (20) e seguirá vacinando os profissionais das unidades de saúde e idosos, a partir dos 75 anos, seguindo as recomendações da Secretaria Estadual de Saúde

A Prefeitura de Paulista em conjunto da Secretária de Saúde realizou um balanço parcial e considerou satisfatório o resultado de imunizados do grupo de risco da primeira fase, sendo estes, idosos que residem em instituições de longa permanência e profissionais da linha de frente. A princípio foram disponibilizadas para o município cerca de 3586 doses da Corona Vac, seguindo as regras do Ministério da Saúde, sendo utilizadas cerca de 36% de doses, nos integrantes do grupo de risco.

Ainda nesta segunda-feira (25) é aguardada a chegada de mais doses no município, para que em seguida os profissionais já imunizados possam seguir para a fase seguinte do plano. Até o presente momento foram utilizadas 656 doses da vacina divididas entre os profissionais da linha de frente do COVID-19 e os idosos que residem em instituições de longa permanência (ILP). Os números mostram que os imunizados de cada grupo foram cerca de 371 profissionais da linha de frente e 285 idosos residentes de ILP’s. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é imunizar 90% dos grupos em todas as fases.

Segundo a Secretária Executiva Sonia Arruda, o estado definiu novas diretrizes para o avanço da imunização no município. “O próximo passo é concluir os profissionais de saúde concentrando-se neste momento nos profissionais da atenção básica (UBS) que também pertencem ao grupo de risco da primeira fase de imunização”.

Idosos
Para os idosos que estão fora de instituições de longa permanência e que tenham idade a partir de 75 anos, está sendo aguardada a chegada de um novo lote de vacinas, para que a secretaria possa dar andamento a imunização desse grupo que ainda pertence à primeira fase.

Estado de Pernambuco
O Estado de Pernambuco recebeu cerca de 84 mil doses da vacina de Oxford no último domingo (24), entretanto as cidades deverão aguardar as diretrizes que deverão ser definidas nesta segunda-feira (25).

Foto: Divulgação / Prefeitura de Paulista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.