Paulista: Yves Ribeiro e Kelly Tavares participam de levantamento de auditoria da Secretaria de Políticas Sociais

Em menos de 30 dias, a Secretaria de Políticas Sociais de Paulista vem levantando informações para uma comissão de relatoria com o intuito de apontar soluções para os problemas encontrados. Foram constatados registros de arrombamentos e furtos por vândalos, ainda não identificados, no final de 2020.

O dossiê envolve uma série de informações sobre a situação do município, fundamental para o Plano de 100 dias da pasta. O levantamento aponta o quadro de funcionários e a falta de estrutura predial defasada do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

Segundo a secretária de Políticas Sociais, Kelly Tavares, nas vistorias tudo é anotado e observado por uma equipe técnica com o intuito de identificar os desafios a serem tomados e providenciar a reposição dos equipamentos. “A maioria dos prédios da secretaria teve arrombamentos e furtos no final do ano de 2020, deixando os espaços inseguros e com a escassez de equipamentos de informática, ar-condicionados, material de escritório somados às deteriorações dos espaços por causa dos vândalos”, disse a secretária.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.