Paulo Câmara é possível vice de Lula em 2022

Na última quinta-feira ocorreu a votação no STF, que resultou 8 votos a 3, decidindo pela rejeição do recurso da Procuradoria Geral da República (PGR), buscando reverter a anulação das condenações do ex-presidente Lula, impostas pela Justiça Federal do Paraná durante a Lava Jato.

Com a decisão, o Lula se torna elegível. Livre para a disputa eleitoral em 2022, de acordo com a Revista Veja, o PSB e o PT, partidos aliados aos mesmos ideais no âmbito Federal, podem estreitar sua relação ao montar uma chapa composta por Lula presidente e Paulo Câmara, atual governador de Pernambuco, sucessor de Eduardo Campos e com quem o ex-presidente mantém uma boa relação, como vice.

Paulo Câmara ocupa o segundo mandato como governador de Pernambuco, deixando registrado o legado do ex-candidato à presidência em 2014, Eduardo Campos. O PSB é um partido que esteve paralelo ao PT na construção das políticas públicas em todo o estado de Pernambuco, são possíveis aliados para enfrentar as eleições presidenciais contra o atual presidente, Jair Bolsonaro, numa chapa cem por cento nordestina.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.