Pernambuco divulga boletim do Covid-19

By 25/04/2020 - 18:28BlogFalaPE
img_2329
Boletim Covid-19 – Comunicação SES-PE
O Estado de Pernambuco confirmou, neste sábado (25.04), 508 novos casos da Covid-19, sendo 275 casos que se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), portanto internados e/ou mais graves, além de outros 233 casos leves. Agora, o Estado totaliza 4.507 casos confirmados (3.316 casos graves e 1.191 casos leves).
 
Dos casos graves, 1.988 estão em isolamento domiciliar e 727 internados, sendo 182 em UTI e 545 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. Além disso, o boletim aponta 220 pacientes já recuperados da doença. Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 105 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países. 
 
Também foram confirmadas laboratorialmente 29 novas mortes (sendo 16 homens e 13 mulheres), de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Recife (12), Paulista (4), São Lourenço da Mata (1), Jaboatão dos Guararapes (6), Olinda (2), Lagoa do Itaenga (1), Igarassu (1) e Itaquitinga (1).  Com isso, o Estado totaliza 381 mortes pela Covid-19.  Os pacientes tinham idades entre 38 e 90 anos e faleceram entre os dias 10 e 24 de abril. As faixas etárias dessas pessoas são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (1), 50 a 59 (6), 60 a 69 (8), 70 a 79 (6), 80 ou mais (7).
 
Dos 29 pacientes que vieram a óbito, 8 apresentavam comorbidades como histórico de hipertensão (6), diabetes (4), obesidade (1), sequela de AVC (1), doença cardíaca (2) e doença renal (1). Os demais estão sendo investigados.   Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 1.433 casos foram confirmados e 968 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.
 
CENTROS DE TESTAGEM – O Governo de Pernambuco, por meio das Secretarias Estaduais de Saúde (SES) e Administração (SAD), abriu dois centros avançados de testagem para profissionais de saúde, da segurança e seus familiares (que tenham contato domiciliar com o trabalhador) que estejam apresentando sintomas gripais. As unidades funcionam todos os dias (inclusive aos sábados e domingos) das 8h às 17h no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), instituição vinculada à SAD que funciona na Boa Vista, área central do Recife, e no Centro de Convenções de Pernambuco (Cecon-PE), em  Olinda.

Para fazer a testagem, o profissional de Saúde ou Segurança precisa agendar seu atendimento por e-mail (para a unidade Cefospe – coleta…@gmail.com; e para unidade Cecon – colet…@gmail.com), anexando solicitação escrita da chefia imediata da unidade onde o trabalhador atua. O mesmo protocolo serve para os familiares do profissional, que precisam apresentar a solicitação escrita da chefia imediata do parente.  

Os centros irão realizar a coleta de amostras para o RT-PCR nos casos dos profissionais, preferencialmente até o 7º dia do início dos sintomas gripais (podendo ser realizado até o 10º dia se ainda estiver sintomático).  Cada unidade terá a capacidade de realizar, inicialmente, até 60 coletas por dia. No local, atuarão técnicos de enfermagem, profissionais administrativos, limpeza e segurança, além de sanitarista que gerenciará cada serviço. O quantitativo de testes diários poderá aumentar de acordo com a demanda.

“Esta é mais uma iniciativa do Governo de Pernambuco em prol dos trabalhadores que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus. Os Centros serão essenciais para unificar os esforços de realizarmos uma ampla testagem dos profissionais da saúde, da segurança e também os seus familiares que têm contato direto com eles. Além de tranquilizar o profissional ou familiar que apresente sintomas gripais no intuito de ter um local específico para a testagem rápida e segura, a iniciativa busca dar maior celeridade e transparência no diagnóstico desse público”, ressalta o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo.

QUEM DEVE SER TESTADO – Profissionais de saúde e segurança com sintomas de gripe até o 7º dia do início dos sintomas (a testagem pode ser realizada até o 10º dia se a pessoa ainda apresentar sintomas) ou se estiver com mais de 7 dias do início dos sintomas e com mais de 72h após o desaparecimento dos sintomas.

Familiares desses profissionais com sintomas de gripe (e com contato domiciliar) de profissionais de saúde e segurança que também estejam sintomáticos, desde que esteja, ao mesmo tempo, com mais de 7 dias do início dos sintomas e com mais de 72h após o desaparecimento dos sintomas. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.