Pernambuco terá primeiro centro de distribuição da Nestlé Purina no Nordeste

By 20/10/2022 - 16:04Pernambuco

A unidade, atraída pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), começa a operar ainda em 2022 e deve movimentar 70% das vendas interestaduais da multinacional. Estado também ganhará filial da Conduscabos, indústria de cabos elétricos

SÃO PAULO – O Governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (20.10), a chegada da multinacional Nestlé Purina ao Estado. O grupo iniciará seu plano de expansão no Nordeste com uma operação de distribuição de alimentos para animais de estimação, que deverá gerar 30 empregos diretos. O novo centro de distribuição começa a operar parcialmente em 2022 e movimentará cerca de 70% das vendas para outros estados. Com essa unidade, a multinacional passará a exportar também para países da Ásia e Oceania. O anúncio do investimento foi realizado na sede da empresa, em São Paulo.

A Nestlé Purina PetCare é a divisão de alimentação animal da Nestlé. Líder mundial na pesquisa de nutrição animal, está presente em Santa Catarina e São Paulo, atendendo aos mercados europeu e estadunidense. O governador Paulo Câmara destacou a relevância da chegada da companhia a Pernambuco. “Trazer para Pernambuco um empreendimento importante como este, que atua em dezenas de países, significa mais desenvolvimento e geração de renda e empregos de qualidade para os pernambucanos. O Estado vai se tornar um hub para as exportações da empresa, o que reafirma a vocação que temos para ajudar negócios a prosperar ainda mais. É um grande passo dentro do nosso processo de retomada da economia, fundamental para o futuro do nosso Estado”, afirmou.

O projeto de expansão da multinacional busca ajudar a consolidar o Brasil como uma importante plataforma de exportação para outros países da América Latina, Estados Unidos e Europa. No Nordeste, concentra-se um quarto da população de cães e gatos do Brasil, e a região representa 20% de todo o consumo pet do país, com aproximadamente R$ 8 bilhões de faturamento por ano. Dessa forma, a expectativa é de que o novo Centro de Distribuição em Pernambuco, que abrangerá todo o Nordeste, seja responsável por mais de 70% das vendas interestaduais.

CABOS ELÉTRICOS – Pernambuco também foi escolhido para receber a nova filial de uma indústria especializada em produzir fios e cabos elétricos de baixa tensão. A Conduscabos se instalará no município de Goiana, na Região Metropolitana do Recife, com investimento de R$ 25 milhões e expectativa de gerar quase 80 empregos diretos. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara durante reunião na Unidade Avançada da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe) em São Paulo.

A previsão é de iniciar as obras já no próximo ano, para que a fábrica seja aberta em 2025. O empreendimento será acompanhado pela Adepe durante todo o período de implantação em Pernambuco. Com sede em Atibaia, no estado de São Paulo, a Conduscabos atua em vários segmentos de mercado, a exemplo de siderúrgicas, metalúrgicas, construção civil, hidroelétricas, engenharia, indústria naval e revendas. A empresa possui laboratório próprio e realiza testes e análises em todos os lotes produzidos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.