Plano Recife 500 Anos inicia nova fase de consulta popular

A consulta faz parte da atualização do planejamento de longo prazo da capital pernambucana

Em 2037, Recife completará cinco séculos de história. Por isso, um plano estratégico de longo prazo foi estruturado para pensar no futuro da capital pernambucana, o Plano Recife 500 Anos. A proposta passa agora por atualização que vai contar com participação da população. A Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES) está promovendo uma nova etapa de consulta popular para saber o que os recifenses querem para a cidade. Para participar, basta acessar o link: https://pt.surveymonkey.com/r/REC500.

Entre as questões da consulta estão os principais desafios da cidade e como descrever o que esperar da capital pernambucana nos próximos 17 anos. O presidente da ARIES, Marcos Baptista, reforçou a importância da consulta, principalmente neste momento de pandemia que a cidade ainda vive e passou por mudanças em sua dinâmica. “Essa escuta em todas as camadas da sociedade é muito importante e fundamental para que o Plano Recife 500 Anos permaneça vivo e cada vez mais a gente consiga aperfeiçoá-lo de modo a orientar as ações rumo ao futuro do Recife em seus 500 anos em 2037”, disse.

O coordenador técnico do Plano Recife 500 Anos, João Salles, explica que esta consulta popular tem objetivo de coletar contribuições para a visão de futuro para o Recife. A expectativa é que essa primeira chamativa fique aberta até o dia 20 de novembro. Ainda esse ano será aberta uma nova consulta para saber ações e iniciativas devam ser implementadas na cidade.

O Recife 500 Anos é fruto de análise de dados e informações, debates e pesquisas de campo, unindo o saber estabelecido sobre a cidade e o saber que emerge da participação popular. O documento reúne diretrizes de desenvolvimento sustentável a serem implementadas na cidade até o ano de 2037.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.