População de Gravatá participa ativamente do Dia D de Vacinação e Multivacinação

By 20/08/2022 - 17:36Agreste Central

Imunização na Praça da Matriz atrai pessoas de todas as idades e garante atualização da caderneta

Os sábados de Gravatá, geralmente, são bastante movimentados por causa da Feira Livre, das compras nos mercados públicos e da circulação de visitantes que aumenta aos fins de semana.

Por esse motivo, a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, montou uma estrutura na Praça da Matriz, no centro, para realizar o Dia D de Vacinação contra Poliomielite e Multivacinação.

Com a campanha, que acontece em sintonia com o Plano Nacional de Imunização – PNI, são contempladas crianças de 1 a 4 anos de idade para poliomielite, e de 1 ano a menores de 15, para atualização da caderneta.

Além da área central, a Prefeitura realizou a ação em todas as unidades de saúde da Zona Urbana do município no turno da manhã.

Susane Barbosa foi uma das pessoas que levou a irmã, Maria Luiza Barbosa, de 3 anos e 9 meses, para o Dia D. “A caderneta de vacinação dela está em dia, o que eu acho importante, e também gostei desse tipo de iniciativa, um gesto muito bom da prefeitura e dos profissionais de saúde para conscientizar a população, pois essa é uma vacina muito importante e não pode deixar de tomar. Acho importante também os pais levarem seus filhos para se vacinarem”.

Edvalda Bezerra, 54 anos, professora, levou o filho, de 16 anos, para tomar a 3a dose da covid-19. “Eu tomei minha 4a dose ontem, no posto da Rua do Norte, e achei interessante essa ação aqui hoje porque eu precisei ir no meu horário de trabalho. Hoje que estou de folga, o Dia D acontecer no sábado é importante”.

A coordenadora de PNI de Gravatá, Mariana Batista, reforça que “essa ação de hoje foi pactuada pelo Ministério da Saúde devido às baixas coberturas que temos hoje e reinserção da poliomielite. Junto com essa campanha, estamos realizando a multivacinação de adolescentes também para atualização da caderneta”.

O coordenador da Atenção Primária em Saúde de Gravatá, Jairo Teixeira, fala da importância de manter o calendário vacinal em dia. “Um dos principais problemas da não vacinação é de fato emergir algumas doenças que antes estavam erradicadas ou sob controle, como por exemplo a própria poliomielite, sarampo, e a ideia é que as pessoas procurem suas unidades, independente do Dia D, e levem seus filhos para que eles possam ter a caderneta de vacinação atualizada, uma vez que esse novo cenário das pessoas que não querem vacinar ou não procuram os postos em busca do imunobiológico resulta no aparecimento dessas doenças que podem ter várias complicações, não só a nível de indivíduos ou a nível sanitário. Vacinar é um método eficaz de proteção e a possibilidade de uma pessoa que não está imunizada adoecer ou passar a doença para outras pessoas é muito maior”.

A Campanha Nacional contra Poliomielite e Multivacinação segue até o dia 09 de Setembro, para crianças entre 1 ano e menores de 5 receberem as vacinas do calendário de rotina e a da poliomielite, e multivacinação para menores de 15 anos.

Vacinas disponíveis – Diariamente, a população de Gravatá conta com o compromisso da gestão municipal, que disponibiliza essas vacinas em todas as USFs do município: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba), Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.