Prefeito de Vertentes diz que candidata a vereadora oposicionista deveria ser apedrejada

Em reunião realizada na última sexta-feira (09/10), em rua localizada no centro de Vertentes, o prefeito e candidato a reeleição Romero Leal (PSDB), apostou em um discurso agressivo contra as críticas recebidas por candidata a vereadora oposicionista.

As críticas partiram da candidata a vereadora Nen Cavalcanti (PSD). Na ocasião, a mesma apontou que o prefeito não teria promovido os avanços necessários à Vila Manoel de Souza Leal, popularmente conhecida como “casinhas”. O prefeito, por sua vez, destacou que a referida vila possui “infraestrutura de capital” e, com esse tipo de discurso, a candidata deveria “receber pedradas”.

Nen Cavalcanti, que apoia o candidato a prefeito Igor Miranda (PSB), se mostrou indignada com o discurso do prefeito e, em conversa com o blog, destacou:

“Não vou baixar a cabeça. Não vamos admitir que a democracia seja atacada e, sobretudo, que as mulheres sejam tratadas com tamanho desrespeito e agressividade”

Nen, que tem uma grande história política em Vertentes, sendo uma vez candidata a prefeita, no ano de 1996, e candidata a vereadora, em 2016, chegando a suplência, garantiu que seguirá na luta pela garantia da democracia e pelo respeito às mulheres:

“Esse tipo de discurso não pode ser mais aceito pela população, precisamos lutar pelos nossos direitos como cidadãos e, nós mulheres, precisamos buscar nosso espaço, exigindo respeito e dignidade”.

OUVIR ÁUDIO

Um comentário sobre “Prefeito de Vertentes diz que candidata a vereadora oposicionista deveria ser apedrejada

  1. Cabe a candidata a vereadora do Município de Vertentes, Nen Cavalcanti, entrar com uma queixa crime na promotoria do Município contra o Sr prefeito, pois o que o prefeito praticou foi um crime ao incitar a população a cometer uma violência contra a candidata, seria uma queixa crime contra o mesmo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.