Prefeito do Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo pode ter candidatura à reeleição impugnada

 

PSB pediu que o prefeito fosse multado com alegação de abuso de poder economico e político

 

Partido Socialista Brasileiro (PSB) impetrou, junto à Justiça Eleitoral, uma ação de investigação judicial contra o prefeito do Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, Hilário da Silva, por suposto abuso de poder econômico e político. De acordo com documento apresentado à Justiça, Hilário teria comparecido “a inauguração de obra pública visando a angariar votos para a sua reeleição”.

Segundo a ação impetrada pelo PSB, “o fato ilícito ocorreu no dia 25 de setembro de 2020, quando então prefeito e candidato a reeleição do município de Brejo da Madre de Deus, o Sr. Hilário Paulo da Silva, compareceu a uma inauguração de uma obra pública, a inauguração do Sistema de esgotamento Sanitário – 1ª etapa, localizada no município de Santa Cruz do Capibaribe. (…) na referida inauguração o prefeito utilizou da influência política para estar ao lado do Governador de Pernambuco, Paulo Câmara e assim tirar algumas fotos”.

De acordo com a documento apresentado à Justiça Eleitoral, Hilário teria “referenciando-se à obra pública inaugurada para sua campanha, contendo sua foto, olvidando completamente da moralidade e legalidade”. A ação afirma que, por se tratar de ano eleitoral, o prefeito teria violado o artigo 77 da Lei 9.504/97, que diz: “É proibido a qualquer candidato comparecer, nos 3 (três) meses que precedem o pleito, a inaugurações de obras públicas”. Ainda segundo a lei, “a inobservância do disposto neste artigo sujeita o infrator à cassação do registro ou do diploma”.

O PSB pede que o atual prefeito do Brejo da Madre de Deus pague uma multa no valor de R$8 mil, “por conta da irregular propaganda realizada em sua rede social”.

 

Confira a ação no link abaixo:

AIJE – Abuso de Poder – BREJO DA MADRE DE DEUS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.