Prefeito Sivaldo Albino (PSB) convoca Câmara de Garanhuns, de forma extraordinária, para aprovar projeto de empréstimo de R$ 100 milhões

By 04/01/2023 - 19:18Pernambuco

A população de Garanhuns foi surpreendida hoje com a notícia que o prefeito Sivaldo Albino (PSB) teria convocado a Câmara de Vereadores de Garanhuns, que se encontra de recesso parlamentar, para em regime de urgência urgentíssima, apreciar o Projeto de Lei nº 01/2023 que autoriza o município a contrair um empréstimo de R$ 100 milhões, com carência de um ano e um prazo de 10 anos para pagar a dívida, que claro, quem vai arcar é o contribuinte, a população de Garanhuns.

Segundo o Projeto de Lei, o montante do empréstimo seria dividido para investimentos da seguinte forma: R$ 40 milhões em obras de pavimentação e drenagem, R$ 10 milhões para compras de lâmpadas LED; R$ 30 milhões para construção do Hospital Municipal, R$ 10 milhões para construção do Centro Administrativo e outros R$ 10 milhões para a construção de Praças e conclusão de obras em andamento no município.

O valor do empréstimo e o ano em que o dinheiro chegaria à Prefeitura (2024) chamou logo a atenção da oposição de Garanhuns. O vereador Gersinho Filho (União Brasil) e sobrinho do atual prefeito, é contra o projeto. “O prefeito quer contrair uma dívida para benefício eleitoral, o que com certeza, diante da péssima avaliação, a gestão dele nem chegará a pagar. E ainda mais, onde estão os milhões em recursos que o prefeito dizia ter guardado para a realização dessas obras, vindo de emendas parlamentares destinadas pelo deputado Felipe Carreras?” questionou Gersinho Filho.

O deputado estadual diplomado Izaías Régis (PSDB) que foi prefeito de Garanhuns por dois mandatos, também questionou o Projeto de Lei. “Na minha gestão, eu busquei aprovação junto à Câmara de Vereadores de Garanhuns, de um empréstimo de R$10 milhões, e o atual gestor, junto com o irmão, que é vereador da atual legislatura, fizeram grande oposição, pressionando os vereadores da época para desaprovarem o pedido. E agora, pedem um empréstimo em um montante 10 vezes maior. Espero que a Câmara de Garanhuns não cometa essa atrocidade de inviabilizar as próximas gestões com uma dívida faraônica dessa”, enfatizou Izaías Régis.

O projeto segue para apreciação nesta quinta (5) em reunião pela manhã, depois à tarde segue para a reunião das Comissões, e na sexta (06) segue para apreciação em plenário, onde precisa passar por duas votações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.