Prefeitura de Camaragibe presta assistência às vítimas de alagamento

Foto: Victor Patrício

A Prefeitura de Camaragibe está nas ruas desde a madrugada dessa segunda-feira (15) em uma força tarefa para minimizar os impactos das chuvas na cidade, que bateram a marca de 89 milímetros de índice pluviométrico em menos de 12 horas. Por meio da Secretaria de Assistência Social, a prefeitura está acolhendo os moradores do bairro de Alberto Maia, que foram prejudicados com os alagamentos. Ao todo, estão sendo atendidas 25 famílias.

Dentre as ações, foram realizados cadastros sociais de todos os afetados; além de cadastro material com os utensílios que os moradores do entorno do condomínio em obra perderam por conta do deslizamento da lama da barreira próxima da construção, para que a empresa responsável possa ressarcir os cidadãos. Para isso, a prefeitura também está prestando orientação jurídica.

Além do cadastramento para inserção desses moradores em programas sociais, a equipe do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) serviu refeição pronta no almoço e no jantar desta segunda-feira (15), além de realizar entrega de colchão e lençol. Nesta terça (16), a população do local receberá cestas básicas e ficarão sendo acompanhadas pelo CRAS.

Durante todo o dia, a Secretaria de Infraestrutura intensificou a limpeza dos canais, galerias e caixas coletoras; ação que já vinha acontecendo de forma contínua antes das precipitações. Já foram limpos 16 quilômetros de canais em uma ação de macro e micro drenagem. As barreiras estão secas e as equipes da Defesa Civil não observaram grande perigo de deslizamentos até o momento. Apesar disso, as equipes técnicas já estão espalhadas pela cidade realizando o serviço de colocação de lona nos principais pontos de alto risco.

De ocorrência, houve um desabamento de casa, localizada no antigo aterro do lixão, no bairro de Céu Azul, sem vítimas. A moradora da casa foi acolhida e abrigada na casa da vizinha. A Defesa Civil foi ao local e deu todo suporte, realizando a retirada dos móveis da casa. Não há famílias desabrigadas e nenhuma outra ocorrência no município. As equipes de corte e poda de árvores da Defesa Civil também seguem realizando a erradicação de árvores em risco pela cidade. As duas que caíram por conta das chuvas desta segunda-feira (15) já foram retiradas do local.

Em caso de emergência, a prefeitura pede que os munícipes acionem a Defesa Civil no telefone 2129-9564. O número também funciona como WhatsApp e está disponível das 7h às 19h. Caso seja necessário atendimento após esse horário, está disponível o canal *199.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.