Prefeitura de Paulista pretende realizar mapeamento tecnológico com robô canadense para evitar enchentes no inverno

Crédito da imagem: Prefeitura de Rio Claro/ SP

Numa parceria sem custos aos cofres públicos do município, a Prefeitura de Paulista terá o apoio de empresas de tecnologia de robôs, pioneiras no mapeamento tecnológico de tubulações, tuberias e galerias pluviais.

A Prefeitura da Cidade do Paulista, por meio da Secretaria de Segurança Cidadã, Mobilidade e Defesa Civil, vem estudando um método inovador para identificar possíveis causas de enchentes. O lançamento será nesta quinta-feira (29), às 14h, no Giradouro de Maranguape I, local onde é marcado por alagamentos e que agora passará por uma transformação inovadora.

A tecnologia canadense, feita por uma empresa pioneira na fabricação de robôs para inspeções subaquáticas e subterrâneas, é ideal para tubulações, tuberias e galerias pluviais. O robô é fabricado pela Deep Trekker, líder mundial neste tipo de tecnologia, que atende à CIA (agência de inteligência norte-americana) e, junto à São Marcos Soluções, está trazendo para o Brasil essa novidade. A Prefeitura de Paulista terá o apoio dessas empresas para realizar um mapeamento tecnológico na cidade. A Parceria não terá custos para os cofres púbicos de Paulista.

Com uso de robô que faz o mapeamento até 50 metros de profundidade, é possível identificar pontos de estreitamento que represam a água em dias de fortes chuvas. A Secretária Executiva de Defesa Civil, Jordana Costa, vem acompanhado o sucesso da aplicação da tecnologia no município de Rio Claro, em São Paulo.

“Esta inovação só vem para somar ao nosso município, pois nós estamos sempre atentos a tudo que pode melhorar nossa cidade”, disse Jordana Costa. O objetivo é trazer para Paulista este avanço e realizar um grande mapeamento tecnológico no percurso das tubulações, tuberias e galerias pluviais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.