Prefeitura do Ipojuca recomeça a aplicação da segunda dose da Coronavac

“Queria logo que chegasse esse momento, pois acompanho as informações e sabia que o insumo que produz a vacina está em falta”, disse o morador do Campo do Avião, Fábio Jorge de Luna, 64 anos, ao receber s segunda dose. Ele deveria ter sido imunizado com a segunda dose desde o dia 22 de abril. Nesta terça-feira (18), a Prefeitura do Ipojuca retomou a vacinação contra a COVID-19 com o imunizante da Coronavac para aquelas pessoas que estavam com o calendário vacinal mais atrasado.

Com o recebimento por parte do governo do estado de um lote de 400 doses, o município priorizou quem deveria ter tomado o imunizante entre 20 a 23 de abril. A ação ocorreu simultaneamente nos polos de Ipojuca Centro (Creche Professora Jusete), Nossa Senhora do Ó (Escola Maria das Dores) e Camela (quadra ao lado da Escola Jarbas Passarinho). A servente Marlene Ribeiro da Silva, 62 anos, de Rurópolis, comentou: “Estava muito ansiosa para tomar logo a segunda dose, e finalmente esse dia chegou, mas sem se descuidar do uso da máscara e sempre higienizando as mãos”.

De acordo com a secretária de Saúde, Manúcia Medeiros a população de Ipojuca está aflita com a demora que as segundas doses estão chegando para o município. “Por isso a cada lote que recebemos representa um avanço para garantir a imunização das pessoas, mas, para atender todas as pessoas que tomaram as primeiras doses da Coronavac, precisamos receber algo em torno de 2.300 doses”, destacou Manúcia Medeiros. Além da Coronavac, a Prefeitura segue com a vacinação de primeira dose de AstraZeneca para pessoas com mais de 60 anos e grupos de pessoas com comorbidades de 18 a 59 anos.

Foto: Aguinaldo Silva

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.