Prefeitura do Ipojuca reforça orientações para reabertura do comércio de praia

Foto de Fevereiro/2021

Nesta sexta-feira (23), o secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano do Ipojuca, George Rêgo Barros, realizou uma reunião com representantes da Associação de Barraqueiros do Litoral do Ipojuca para tratar sobre a volta do comércio de praia, a partir da próxima segunda (26). No encontro, foram reforçados os protocolos que os trabalhadores devem adotar, replicando as orientações já definidas anteriormente como distanciamento entre as barracas, quantidade máxima de 4 cadeiras por guarda-sol; a utilização de máscaras por parte de todos os garçons; limpeza e higienização constante e disponibilização de álcool em gel para os clientes.

“Nosso objetivo é garantir que os trabalhadores possam retornar em segurança e receber bem os frequentadores com todos os cuidados necessários. Assim esperamos evitar novo retrocesso e conseguir a ampliação também para os finais de semana”, observou o secretário George Barros. Segundo a presidente da associação, Gisa Santos, “estamos falando constantemente no grupo dos barraqueiros para reforçar essas medidas e garantir que todos estejam conscientes”, disse. Ipojuca possui atualmente 127 barraqueiros cadastrados ao longo dos 33 quilômetros de orla.

Fiscalização – Na segunda-feira, a partir das 8h, equipes das secretarias de Meio Ambiente e Controle Urbano, Defesa Social e Guarda Municipal realizarão uma fiscalização na orla ipojucana. Os barraqueiros poderão montar as estruturas logo cedo, mas, como definido pelo Governo do Estado, a comercialização só poderá iniciar a partir das 9h.

O Governo do Estado anunciou que, de segunda à sexta-feira, está permitido o comércio nas praias, das 9h às 16h, mas manteve proibido o comércio das praias nos finais de semana. A medida vale do dia 26 de abril até 9 de maio. Importante lembrar que no dia 31/03 a prefeita do Ipojuca, Célia Sales, enviou um ofício para o governador Paulo Câmara solicitando a volta do comércio nas praias uma vez que foi liberado os shoppings que são mais passíveis de contaminação por se tratar de lugares fechados. No ranking de número de mortos por COVID-19, Ipojuca ocupa o 10° lugar entre os 14 municípios da RMR, com índices de contaminação considerados pequenos já que se trata de uma cidade aonde se localiza o maior destino turístico do estado: Porto de Galinhas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.