Prefeitura do Jaboatão iniciará cadastro para auxílio emergencial

Foto: Chico Bezerra/ PMJG

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes iniciará, na próxima quinta-feira (8), o cadastro das famílias que tiveram perdas materiais nas chuvas dos últimos dias que deverão receber o auxílio emergencial de R$ 1.500. As equipes irão aos locais mais atingidos por alagamentos, enxurradas e deslizamentos de barreiras para identificar os moradores, endereços, fazer registros fotográficos e georreferenciamento para comprovar quais as pessoas que realmente terão direito ao benefício.
 
A inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os laudos da Defesa Civil do Jaboatão sobre os danos dos imóveis serão a base para a concessão do auxílio emergencial. Todas as informações serão avaliadas pela Prefeitura e os beneficiados serão informados por mensagem de Whatsapp sobre em qual agência bancária poderão sacar o dinheiro.
 
Conforme definiu o Governo do Estado, o auxílio emergencial será pago pela Prefeitura às famílias em situação de vulnerabilidade social que ficaram sem suas casas ou houve dano parcial do imóveis, perderam eletrodomésticos, móveis, entre outros itens considerados essenciais para a retomada da vida.

Na última sexta-feira (3), o prefeito Mano Medeiros anunciou outro auxílio emergencial no valor de R$ 1.500 que será pago às famílias que foram acolhidas e cadastradas nos 21 abrigos montados pela Prefeitura do Jaboatão, entre os dias 25 de maio e 1º de junho.
 
AUXÍLIO-MORADIA
 
A Prefeitura do Jaboatão também tomou a iniciativa de enviar projeto de lei à Câmara Municipal, aumentando em 100% o valor mensal do auxílio-moradia, que passará a ser de R$ 300. O benefício é pago a famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, em razão da inabitabilidade do imóvel e que não tenham condições de prover os custos com moradia. A avaliação sobre os danos materiais do imóvel é feita pela Defesa Civil do município.

“Tivemos várias famílias que perderam tudo, bens materiais e que precisam de ajuda financeira para recomeçar suas vidas. O auxílio emergencial é uma alternativa que podemos oferecer a essas pessoas e queremos providenciar os pagamentos o mais rápido possível. Vamos em cada comunidade, visitar os moradores. Também aumentaremos em 100% o valor do auxílio-moradia para ajudar no aluguel de imóveis, já que tínhamos um valor defasado. Vale ressaltar que os R$ 300 serão pagos a todos os jaboatonenses que necessitam do benefício”, ressaltou o prefeito Mano Medeiros.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.