Prefeitura do Recife investe mais de R$ 3 milhões em novas obras de pavimentação e drenagem na Zona Oeste

Intervenções nas ruas Desembargador Virgílio de Sá Pereira e Mathuzalém Wanderley, no bairro do Cordeiro, vão melhorar as condições de mobilidade e reduzir os alagamentos na região. Prefeito do Recife visitou as localidades na manhã desta quarta-feira (29)

Para promover mais conforto e melhor mobilidade para os moradores do Cordeiro, o prefeito João Campos visitou, nesta quarta-feira (29), as obras de pavimentação e drenagem na rua Desembargador Virgílio de Sá Pereira, e assinou a ordem de serviço para dar início às intervenções na Rua Mathuzalém Wanderley, ambas situadas no bairro. Os serviços têm orçamento total de R$ 3,1 milhões e vão incrementar a infraestrutura da região, melhorando as condições de deslocamento e reduzindo os alagamentos para cerca de 900 moradores.

“Estamos aqui no Cordeiro, na Rua Desembargador Virgílio de Sá Pereira, a rua vai ser calçada. Ela está no barro, mas a Prefeitura vai começar o calçamento para garantir qualidade de vida para todo mundo aqui”, disse João Campos na primeira visita. Já na Rua Mathuzalém Wanderley, o gestor municipal comentou: “a Rua Mathuzalém Wanderley vai ser toda calçada, na semana que vem começa. Todo mundo se mobilizou, gente que mora há 30, 40, 50 anos aqui e sempre torceu pelo calçamento da rua e agora vai sair”, disse.

A Rua Desembargador Virgílio de Sá Pereira tem extensão total de 850 m e receberá serviços de implantação da rede de drenagem, pavimentação, acessibilidade e sinalização. O orçamento é de R$ 2.111.167,85, incluindo 540 m de drenagem em tubos de PEAD, pavimentação em CBUQ com área de 6.706,94 m2, 240 m3 de passeio em concreto e a colocação de 37 rampas de acessibilidade. O prazo de conclusão da obra é de 5 meses, beneficiando cerca de 800 pessoas.

De acordo com a assistente de saúde bucal, Íris da Costa, 43 anos, que mora na Rua Desembargador Virgílio de Sá Pereira, com mais sete pessoas, há 25 anos, um desejo antigo dos moradores está para ser realizado. “A rua hoje se encontra nessas condições, mas eu creio que futuramente, quando ela for calçada, haverá uma grande melhoria para o bairro e os vizinhos. Hoje aqui alaga, sempre foi assim, espero que melhore. Em 2022, vai ser melhor”, afirmou ela.

Já a Rua Mathuzalém Wanderley receberá investimentos de R$ 1.022.476,90 para implantação da rede de drenagem, pavimentação, acessibilidade e sinalização. Serão feitos 360 metros de drenagem em tubos de PEAD, pavimentação em CBUQ com área de 2.009,00m2, 71,40 m3 de passeios em concreto e implementação de 10 rampas de acessibilidade. A extensão total da via é de 290 metros e a obra deverá ficar pronta dentro de 120 dias. São cerca de 100 moradores beneficiados.

A pedagoga Jucirene Lins, 61 anos, mora há mais de 50 anos Rua Mathuzalém Wanderley e comemorou os serviços de pavimentação e de drenagem a serem realizados na localidade. “A realidade aqui vai mudar muito. Hoje, quando chove, entra água na minha casa, a gente acorda de madrugada para desentupir galerias e fazer escorrer a água. Vai melhorar e muito a questão de alagamento aqui”, contou ela.

SANEAMENTO – As vias já foram beneficiadas com esgotamento sanitário, dentro das obras do Sistema de Esgotamento Sanitário do Cordeiro (SES Cordeiro), tendo recebido cerca de 2 km de tubulações. Na Rua Desembargador Virgílio de Sá Pereira, foram implantados 1.441,29 m de ramais de calçada e 102,74 m de rede coletora, enquanto que a Rua Mathuzalém Wanderley ganhou 421,5 m de ramais.

As intervenções em andamento do SES Cordeiro beneficiarão 76 mil moradores da região (cerca de 5% da população do Recife) com redes coletoras de esgoto, ramais de calçada, uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) e seis estações elevatórias. O investimento é da ordem de R$ 115 milhões, oriundos de financiamento do FGTS com contrapartida do Município.

Fotos: Rodolfo Loepert/PCR

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.