Prefeitura do Recife lança novo projeto de acessibilidade valorizando atrativos do Marco Zero

Dentro da iniciativa “Recife é Pra Sentir”, um corrimão foi instalado num dos cartões-postais da cidade, trazendo texto descritivo da paisagem todo em braile, placa com relevo de texturas e QR Code para áudio-descrição do cenário.

Ver o Recife através de outros sentidos. A partir de agora, um lugar histórico da cidade, um dos principais cartões-postais e que congrega paisagem histórica e formada por um conjunto arquitetônico ímpar, de tantos encontros e encantos, ganha ainda mais importância, ao se tornar também um dos mais acessíveis e inclusivos. O projeto “Recife é Pra Sentir” leva para a área do Marco Zero intervenções dedicadas a pessoas cegas e de baixa visão. Num dos trechos do guarda-corpo no local, bem na beira do Rio Capibaribe e próximos aos armazéns, foi instalado um corrimão que traz um equipamento acessível em braile apresentando a paisagem que se tem de lá, que inclui o Parque das Esculturas Francisco Brennand. O prefeito do Recife João Campos esteve no local na manhã deste domingo (27) para conferir a intervenção, que faz parte do Recentro e promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife (SDSJPDDH).

“Mais uma ação da Prefeitura, através do Recentro. No ‘Recife é Pra Sentir’ a gente instalou um painel tátil, com informações em braile, que faz uma descrição do Parque das Esculturas. Você passa os dedos e sente a descrição toda em braile. Foi feito com a nossa secretaria de Desenvolvimento Social e queremos levar isso para outros cantos. Começou aqui no Marco Zero, com o Recentro, e a gente vai levar para outras áreas da cidade também”, destacou João Campos, logo após chegar ao Marco Zero durante um passeio de bicicleta neste domingo.

Além das informações acessíveis para quem possui deficiência visual, a nova intervenção também dispõe uma placa com o desenho tátil em pedra, que descreve pelo relevo e texturas as minúcias de cada detalhe da paisagem do Parque das Esculturas, complementando a experiência sensorial ao apresentar uma das paisagens mais icônicas do Recife.

Também agregado ao totem há QR Code com áudio-descrição do cenário e texto recitado pela poetisa e cantora recifense Bione – um dos novos nomes da cena de Slam (poesia falada, em livre tradução), valorizando o belo cenário da cidade. Esta ação integra o Programa Recentro, um amplo plano de revitalização da região central da capital pernambucana, com ações de curto, médio e longo prazos.

“Esse é um projeto novo da Prefeitura do Recife chamado ‘Recife é Pra Sentir’. É para tornar os atrativos turísticos e os pontos de visitação da nossa cidade acessíveis e inclusivos. A gente começa, primeiramente, com o nosso cartão postal aqui no Marco Zero, com vista para o Parque das Esculturas Francisco Brennand. Então as pessoas com deficiência poderão utilizar o braile das placas e a áudio-descrição também que explicam o que é essa paisagem tão bela da nossa cidade”, explicou a chefe do Gabinete do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça.

O projeto Recife é Pra Sentir contou com a colaboração da Gerência da Pessoa com Deficiência, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Política sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife (SDSJPDDH), que orientou a concepção do novo atrativo de modo a oferecer uma forma de contemplação da paisagem do Marco Zero às pessoas cegas e com baixa visão. O novo equipamento se soma a outras benfeitorias implantadas pela Prefeitura do Recife destinadas a esse público, como o piso direcional no próprio local, de modo a complementar a experiência sensorial na área. A execução da iniciativa foi da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (EMLURB).

PROGRAMA RECENTRO – Coração econômico, histórico e cultural do Recife, os bairros do centro da cidade convivem com a movimentação do comércio, com a inovação do parque tecnológico e agitada vida cultural, mas também com os desafios construídos ao longo de muitos anos. Para pensar o desenvolvimento dessa área de maneira integrada e explorar toda sua potencialidade, a Prefeitura do Recife lançou, em novembro de 2021, o Programa Recentro. Trata-se de um grande plano de manutenção, de cuidado, desenvolvimento das potencialidades econômicas, arquitetônicas, históricas e culturais de forma integrada dos Bairros do Recife, São José e Santo Antônio e é baseado em quatro eixos de ação: governança, incentivos fiscais, investimentos públicos e privados e cultura e bem-estar.

Desde a instalação, foram realizados mais de 50 momentos de escuta e diálogo com os diversos atores e segmentos que atuam no Centro do Recife. Nesse processo de escuta permanente, mais de 200 contribuições foram recebidas, entre demandas, sugestões e aprendizados destinados ao Plano de Requalificação do Centro do Recife.

FOTOS: Marcos Pastich / PCR

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.