Prefeitura do Recife promove ceia natalina para população em situação de rua

Em clima de confraternização, cerca de 650 pessoas atendidas pelos serviços da assistência social e da equipe técnica da PCR participaram da noite especial no Clube Português

 

A população que vive em situação de rua no Recife teve uma noite especial nesta quinta-feira (22) no Clube Português. Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura do Recife promoveu uma festa natalina com direito a ceia, presentes e shows para aproximadamente 650 pessoas. O prefeito do Recife, João Campos, fez questão de prestigiar o evento mais uma vez e confraternizou com os presentes.

 

“Esse é o segundo ano do Natal da população em situação de rua do Recife. Estamos celebrando com muita festa. Para a gente tomar a decisão certa é preciso ter empatia e empatia é se colocar no lugar do outro, é saber ouvir, é ter sentimento. Eu acredito que a coisa mais digna que a gente pode fazer neste final de ano é dar o direito de todo recifense ter uma ceia de natal, de ter uma confraternização, de ter um presente de natal”, afirmou o prefeito, antes de anunciar a atração musical principal da noite. “E quem vai tocar ainda hoje aqui é o Conde Só Brega”, revelou, para euforia dos presentes.

 

O evento beneficiou as pessoas em vulnerabilidade que utilizam os serviços dos Centros de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP) e estão acolhidas no Abrigo Noturno Irmã Dulce ou em um dos hosteis sociais parceiros da Prefeitura. Para isso, equipes do Serviço Especial de Abordagem Social (Seas) se dividiram em nove ônibus para mobilizar e convidar as pessoas nos diversos bairros da cidade.

 

Foi uma noite de acolhimento e confraternização. Além do jantar natalino, o evento proporcionou um momento especial, com entrega de kits com lençóis, área recreativa para crianças e apresentação musical com a banda Xamegões do Forró. Hélia da Silva, 44 anos, está em situação de rua e foi uma das que aproveitaram bem o evento da Prefeitura. Ela aprovou a organização, os shows e o jantar. “Está sendo tudo de bom para mim. Celebrar o natal é demais. Encontrei muitos amigos que eu não via há muito tempo aqui”, contou ela.

 

ABORDAGEM SOCIAL E CENTRO POP – A Prefeitura do Recife conta com uma rede de proteção socioassistencial que, através do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas), trabalha com o método de abordagem e busca ativa, identificando a incidência de situação de rua, trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes, entre outras situações de vulnerabilidade. O Seas é composto por pelo menos 50 educadores sociais que atuam nos três turnos diariamente em todos territórios da cidade.

 

O objetivo do serviço de abordagem é, principalmente, criar vínculos que auxiliem na construção do processo de saída das ruas e possibilite o acesso à rede de serviços e benefícios assistenciais. Além disso, o trabalho das equipes também consiste em identificar as famílias e indivíduos com direitos violados e investigar a natureza das violações, as condições de vida, as estratégias de sobrevivência, procedências, aspirações, desejos e relações estabelecidas com as instituições, buscando promover ações para a reinserção familiar e comunitária.

 

Para complementar o trabalho das equipes de abordagem, existem os Centros de Referências Especializados para a População em Situação de Rua. Os Centros POP são equipamentos onde a pessoa em situação de rua pode se dirigir para ter acesso a demandas mais emergenciais, como tomar banho, guardar pertences de uso pessoal, lavar roupas ou até mesmo descansar. Além disso, elas podem ser encaminhadas ao local pela equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas), que atua de forma itinerante nos territórios.

 

O equipamento tem a finalidade de assegurar serviços, atendimentos e atividades direcionadas ao desenvolvimento de sociabilidades, na perspectiva de fortalecimento de vínculos interpessoais e/ou familiares que oportunizem a reconstrução de novos projetos de vida. Recife conta com três unidades de Centro POP, são eles: Centro POP Maria Lucia dos Santos, localizado no bairro de Santo Antônio, o Centro POP Glória, que fica na Boa Vista, e o Centro POP Neuza Gomes, na Madalena.

FOTOS: Alessandro Potter / PCR

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.