Prefeitura lança o Recife Virado no Turismo

Foto: Rodolfo Loepert/PCR

Importante impulsionador da economia e também vetor essencial de valorização sociocultural da cidade, o turismo é uma das frentes do Programa Recife Virado, realizado pela Prefeitura do Recife. Com o fim de ano aquecido, como mostra o indicativo de 90% na ocupação hoteleira para este réveillon, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH-PE), a Secretaria de Turismo e Lazer da capital reforça que Recife é para ficar. E outras novidades estão por vir, como a implantação do Observatório do Turismo e a transformação do Recife em Destino Turístico Inteligente (DTI), do Ministério do Turismo. Na manhã desta sexta-feira (10), o prefeito do Recife João Campos lançou o Recife Virado no Turismo no Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM).

“O Recife Virado no Turismo faz parte de um conjunto de ações que a gente desenhou e tem construído ao longo do segundo semestre para esse momento de virada da cidade, tendo em vista que a gente agora já tem uma cobertura vacinal ampla e a gente já consegue enxergar um caminho em direção ao fim da pandemia. Então muitos setores foram fortemente impactados no mundo inteiro, e um dos setores mais impactados foi o setor de turismo que lida exatamente com a movimentação de pessoas. Então a gente hoje reúne uma série de ações a serem apresentadas por diversas secretarias que tem o objetivo claro de posicionar o Recife como grande destino do Nordeste brasileiro e como um grande destino do nosso País, esse é nosso objetivo aqui”, explicou João Campos na ocasião.

Para impulsionar ainda mais os negócios relacionados ao turismo, serão concedidos incentivos ao setor, como a redução de 5% para 2% no ISS para serviços de hospedagem, atividades de lazer e eventos por 10 anos para negócios situados no sítio histórico dos Bairros do Recife, Santo Antônio e São José. Essa ação foi desenvolvida em parceria com o Recentro. 

O prefeito do Recife falou ainda sobre essa e outras medidas: “A gente tem ações em diversas frentes desde incentivos fiscais para o setor de hotelaria da cidade, para a recuperação de espaços importantes e históricos, a gente faz uma atualização da normativa da legislação tributária do município, dando uma série de incentivos para que fique mais atrativo fazer investimentos na área de turismo em pontos históricos da cidade, a gente aqui anuncia também parcerias firmadas entre grandes operadoras de turismo para poder viabilizar a venda de pacotes específicos da cidade, vendendo o destino Recife por 7 dias consecutivos, o estímulo também ao stopover que nós conseguimos com a Azul Linhas Aéreas para o destino Noronha, a reativação do centro de atendimento aos turistas de Boa Viagem, uma nova legislação de parklets para a gente poder trazer ambientes mais convidativos e espaços de grande circulação de pessoas e uma série de ações que a gente olha para o cidadão recifense, e olhando para o recifense, olhamos também para o turista”.

A Secretaria de Turismo e Lazer do Recife está trabalhando junto às operadoras de turismo e agentes de viagem que “Recife é para ficar”, incentivando roteiros de pelo menos 7 dias na cidade. Entre as novidades para o setor está uma parceria das empresas Itapemirim e CVC, com o fretamento de aeronaves com vendas de pacotes de 07 noites para o Recife e também um pacote conjugado Recife-Fernando de Noronha com a Azul Viagens. A Secretaria de Turismo e Lazer do Recife também vai fortalecer as campanhas de incentivo, parceria com as operadoras, realização de famtour e fampress, capacitação de agentes de viagem e promoção do destino.

Durante o lançamento, a secretária de Turismo e Lazer do Recife, Cacau de Paula, comentou sobre o atual cenário do turismo na cidade. “A gente está entrando em uma alta temporada, dezembro e janeiro são altíssimas temporadas, onde a gente vai vivenciar a maior malha aérea que o Nordeste já teve, Recife vai estar ligada a 26 das 27 capitais do País, conectada com 41 destinos, um internacional e 40 nacionais. A gente tem tudo para bater recorde no turismo nacional, isso é uma tendência, já que com a pandemia, a gente não voltou ainda com o turismo internacional como antes”, comentou ela. “Nós estamos nos preparando para em 2022 receber o título de destino turístico inteligente, o DTI, no primeiro momento contempla 10 cidades e, Recife e Salvador no Nordeste, nós estamos em fase final para conseguir essa certificação. Recife também apresenta hoje o Observatório do Turismo que visa ser uma fonte de pesquisa para que a gente consiga entender melhor o perfil do turista, de onde ele vem, o que ele procura na cidade. A gente também tem uma nova solução para os parklets, acrescentou.

Outra ação apresentada no evento foi a parceria com a Secretaria de Planejamento, Gestão e Transformação Digital, que lança o app Recifeando, proporcionando uma visita guiada pelos atrativos turísticos da cidade. O app está disponível para Android e iOS.

Inovando na gestão do Turismo enquanto política pública, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, vai implantar o primeiro Observatório de Turismo do Recife. O projeto funcionará como uma rede de pesquisa que terá como finalidade monitorar o desenvolvimento do turismo no destino, a partir de pesquisas, dados, números e elaboração de indicadores. O Observatório será um instrumento imprescindível e decisivo na construção de políticas públicas ligadas ao turismo, observando as demandas turísticas e traçando diretrizes para desenvolvimento do turismo. 

No Recife, o Observatório vai manter e monitorar as pesquisas com histórico de realização, realizar pesquisa de demanda/perfil do turista, pesquisa de imagem da cidade junto aos agentes e operadores de viagem e muito mais. O projeto será colocado em prática a partir do primeiro semestre de 2022.

Outra novidade para a cidade é que Recife está caminhando a passos largos para se transformar em Destino Turístico Inteligente. A chancela aumentará o desenvolvimento e a competitividade entre os destinos turísticos do País, fortalecendo os pilares de governança; inovação; tecnologia; sustentabilidade; e acessibilidade. O projeto DTI Brasil é uma iniciativa no sentido de alcançar maior desenvolvimento tecnológico para o setor do Turismo, além de apresentar destinos mais competitivos, atraentes e inovadores, tanto para os turistas quanto para seus moradores.

No Segundo Jardim de Boa Viagem, um dos cartões-postais da cidade, o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) Ambiental, fechado desde o início de 2020, será reaberto à população totalmente repaginado. A inauguração e retorno do funcionamento do equipamento está prevista para a segunda quinzena de dezembro. O letreiro OXE!, que fica ao lado do CAT Ambiental e que é cenário para registros fotográficos de turistas e cidadãos recifenses, também está com nova cara.

Recife transpira criatividade. Não à toa a cidade integra a Rede Internacional de Turismo Criativo. Está previsto para o início do ano a renovação do novo Plano de Turismo Criativo (2022-2024). O documento traça diretrizes que buscam o fomento do turismo criativo na cidade, um diferencial especialmente em um momento em que turistas buscam cada vez mais experiências únicas durante uma viagem.

No Recife Antigo, coração da cidade, o Espaço RUA, galeria de arte a céu aberto que fica na Avenida Barbosa Lima, será reformado e terá novo mobiliário oferecendo pausas urbanas diferenciadas ao cidadão e viajante. As obras já começaram e a entrega está prevista para o primeiro semestre de 2022. E em parceria com a Secretaria de Política Urbana e Licenciamento, vai ainda trabalhar no incentivo para a instalação de parklets em outros espaços públicos da cidade. Esta é uma nova maneira de apropriação dos espaços públicos e incentivo à mobilidade urbana sustentável.

A Secretaria de Turismo e Lazer do Recife também firma parcerias com empresários locais, incentivando e firmando parcerias para a execução de feiras, a exemplo do Mercado do Bem, que acontecerá no dia 12 de dezembro, no Segundo Jardim de Boa Viagem; a Feira na Laje, que será dias 11 e 12, no Parque Santana; a Feira do Poço, que será também no Parque Santana, nos dias 18 e 19; e a Feira de Antiguidades, que será no dia 30 de janeiro, no Cais do Sertão.

Novos espaços estão sendo criados, como o Parque das Graças e o Hub Hoteleiro no Centro do Recife, incluindo um hotel da Rede Hilton. Novas melhorias estão sendo feitas na cidade, a exemplo da reforma dos quiosques da Orla de Boa Viagem e reforma do Aeroporto Internacional do Recife.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.