Projetos executados no Recife serão apresentados nesta quinta, em seminário do CNJ sobre primeira infância

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realizará, nos dias 15 e 16 abril, das 9h às 18h, no canal do Youtube do CNJ, o Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância – Região Nordeste. O presidente da Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES), Marcos Baptista, será um dos palestrantes do evento e vai debater nesta quinta, 15, um dos projetos alinhados com o Plano Recife 500 anos, que tem como foco temas relacionados à primeira infância (de zero a seis anos).

Um dos projetos do Plano Recife 500 Anos que tem o apoio da Fundação Bernard Van Leer, o URBAN95 tem como objetivo estimular o desenho de cidades que contribuam para o desenvolvimento saudável de bebês e crianças pequenas, conceito que guia o Projeto Primeiro a Infância. “O guia é um ponto de partida para ajudar as cidades a entender o valor de investir na primeira infância, assim como investir nas pessoas que são responsáveis por elas, além de fornecer ideias e orientações práticas”, explica Baptista, ressaltando que o livro aborda o desenvolvimento da primeira infância, sua importância para as cidades, ações orientadas e outros tópicos dentro da temática

A ARIES tem dois projetos voltados para o tema Primeira Infância nos bairros da Iputinga, localizado na Zona Oeste, e no Alto Santa Terezinha, na Zona Norte do Recife, com o objetivo de realizar intervenções urbanas e campanhas educativas, de forma que as crianças possam dispor de espaços públicos para brincar, interagir socialmente e também receber cuidados e estímulos adequados, gerando impacto no desenvolvimento cognitivo, sócio emocional e nos indicadores de saúde para toda vida. Os projetos também abrangem a criação e monitoramento de diversos indicadores de desenvolvimento na primeira infância.

“Os locais que recebem os projetos do Plano Recife 500 Anos na área da primeira infância contam com intervenções que se transformarão em lugares mais saudáveis, seguros e interessantes, além de almejar o funcionamento como piloto e referência para outras intervenções que venham ocorrer no Recife”, explica o presidente da ARIES. 

Além das intervenções urbanas, uma das propostas que tem como foco a primeira infância no Plano Recife 500 Anos é a alfabetização das crianças nos três primeiros anos do ensino fundamental nas escolas municipais, a melhoria da atenção materno infantil para reduzir a mortalidade e a pesquisa de desenvolvimento e inovação na área da saúde visando incorporar novas tecnologias para construir soluções para doenças infecciosas e doenças não transmissíveis.

O Seminário ocorrerá nos dias 15 e 16 de abril, das 9h às 18h, e será transmitido ao vivo no canal do Youtube do CNJ. A iniciativa é uma ação integrada do projeto “Justiça Começa na Infância: fortalecendo a atuação do sistema de justiça na promoção de direitos para o desenvolvimento humano integral”, organizado pelo CNJ e financiado com recursos do Fundo dos Direitos Difusos do Ministério da Justiça e Segurança Pública (CFDD). O evento tem como objetivo criar diálogo com os estados do Nordeste para conhecer a realidade local e sensibilizar a sociedade civil e o estado à primeira infância.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.