PSB vai expulsar filiados que declararem apoio a pré-candidatos de outras chapas ao Governo de Pernambuco e ao Senado

By 17/06/2022 - 19:31Pernambuco

Medida foi anunciada pelo presidente estadual da sigla, Sileno Guedes, que destacou como objetivo a importância de manter a unidade da Frente Popular

O PSB de Pernambuco vai expulsar do partido filiados que manifestarem apoio a outras pré-candidaturas que não sejam a do deputado federal Danilo Cabral (PSB) para o Governo de Pernambuco e a da deputada estadual Teresa Leitão (PT) para o Senado. A decisão, anunciada nesta sexta-feira (17) pelo presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, tem o objetivo de preservar a unidade histórica da Frente Popular de Pernambuco ao redor dos nomes escolhidos pelo grupo para disputar as eleições majoritárias de outubro deste ano. A previsão é de que, na segunda-feira (20), sejam assinadas as primeiras resoluções excluindo da lista de filiados pessoas que se enquadram nesses casos.

“No PSB, todas as decisões são construídas com amplo diálogo. Em dezembro do ano passado, no Congresso Estadual do partido, a militância deliberou que o PSB apresentaria um nome para disputar o Palácio do Campo das Princesas. Após um intenso processo de escuta conduzido pelo governador Paulo Câmara (PSB), tanto dentro do partido como junto a partidos aliados, chegamos ao nome de Danilo Cabral, que tem percorrido este estado e sido legitimado pela população, pelos correligionários e pela Frente Popular. E em unidade com o PT, endossamos a escolha de Teresa Leitão para compor a chapa na vaga ao Senado. É um projeto sólido, construído sob um princípio fundamental que Arraes e Eduardo nos ensinaram, que é a lealdade. Quem quer seguir uma aventura que não propõe nada de concreto para Pernambuco deve procurar outro partido para militar”, declarou Sileno.

Para as eleições de 2022, o PSB vai apresentar chapas competitivas tanto na disputa majoritária como nas proporcionais. Com o objetivo de conquistar mais um mandato à frente do Governo do Estado e dar continuidade aos avanços implantados pelas gestões de Eduardo Campos e Paulo Câmara, o partido conta com o apoio do ex-presidente Lula (PT), que já declarou publicamente que seu único candidato em Pernambuco será Danilo Cabral, associado à deputada estadual Teresa Leitão na disputa pelo Senado. Já no Legislativo, a intenção é renovar os mandatos de todos os deputados federais e estaduais do PSB e conquistar novos espaços, considerando que a legenda foi a que mais cresceu, a nível estadual, durante a janela partidária de março deste ano, mantendo quadros orgânicos e atraindo políticos com mandato que estavam em outros partidos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.